Pecuarista paga R$ 15 mil por dica de gado roubado

PARTILHAR
Imagens do gado roubado.

O pecuarista está oferecendo recompensa para quem fornecer uma dica certeira para encontrar o gado roubado em sua propriedade, confira!

O pecuarista Waldemar Gaiotto, teve sua fazenda invadida pelos ladrões de gado, eles cortaram cercas e conseguiram furtar os animais com a ajuda de um caminhão. Segundo o pecuarista, provavelmente os animais foram furtados no dia 18 de janeiro. Ele oferece uma recompensa para quem obtiver informações do gado.

O crime aconteceu no Mato Grosso do Sul, na região de Paraíso das Águas, os ladrões levaram cerca de 33 cabeças de gado, novilhas da raça Nelore. Infelizmente não havia ninguém no local, já que não possui casa na propriedade.

Segundo o depoimento a nossa equipe, o pecuarista conta que os animais foram furtados com um caminhão trucado, segundo as informações. “Boa noite, eu fui roubado na fazenda nos fundos onde o Sergio Obara toca lavoura de soja. Os animais possuem a marca FA. Eles entraram de trucado”, disso o pecuarista.

Ainda segundo as notícias, o proprietário só ficou sabendo do furto após o funcionário dele ter ido até o local no último sábado. As informações foram repassadas a polícia local que segue em busca dos animais. Mas o pecuarista ofereceu recompensa para quem tiver informações sobre os animais.

Segundo ele, caso alguém tenha alguma informação “certeira” sobre o paradeiro do gado, esse terá uma bonificação. “Vou te passar a foto do gado. Estou dando uma gratificação bem generosa pra uma informação certeira que chegue ao gado”, disse o pecuarista.

As informações podem ser repassadas pelo contato da polícia de Chapadão do Paraíso. Pedimos que sejam enviadas apenas informações condizentes com o caso e que compartilhem a matéria, vamos nos unir contra esses bandidos!

Furto que chamou atenção no estado: Fazendeiro descobre furto de 150 cabeças de gado e registra prejuízo de R$ 500 mil em MS

Fazendeiro em Mato Grosso do Sul descobriu o furto de 150 cabeças de gado e procurou a Polícia Civil, na noite desta terça-feira (17). De acordo com ele, é estimado um prejuízo em cerca de R$ 500 mil em sua propriedade em Ribas do Rio Pardo, a 97 quilômetros de Campo Grande.

O proprietário contou que momentos antes de procurar a delegacia, viu pegadas dos seus gados fora de sua propriedade, e ao verificar encontros vários animais soltos fora do cercado de sua fazenda. Então pediu para que funcionários contassem as cabeças, momento em que deu falta de 150.

Ainda, de acordo com o dono do gado, as cercas estão intactas. No entanto, o portão de saída dos animais, a porteira, pode ter sido utilizada pelo autor do furto. Apesar dessa porteira estar com cadeado, ele pode ser desencaixado nas dobradiças.

A última contagem do rebanho aconteceu no dia 13 deste mês. O fazendeiro estima um prejuízo em torno de R$ 500 mil.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com