Produtor mata quadrilha com submetralhadora, vídeo

Produtor mata quadrilha com submetralhadora, vídeo

PARTILHAR
policia-do-mt
Foto: Reprodução

Vídeo que circula na internet, contém imagens fortes, mostra uma quadrilha que tentou invadir uma propriedade e foi alvejada pelo produtor!

O crime na zona rural segue crescendo, apensar da intensa ação da polícia para tentar mitigar as ações desses bandidos. Infelizmente, os recursos são poucos e os produtores estão tendo que se virar com compra de armas, contratação de segurança armada e uso de tecnologias para coibir tais ações. Já o fato de hoje, mostra cerca de 9 ladrões mortos. Confira!

Segundo relato que circula junto do vídeo, não foi a primeira vez que os bandidos foram assaltar a propriedade. Das outras vezes, foram roubados maquinários e cabeças de gado. AS IMAGENS SÃO FORTES, POR ISSO DEIXAMOS O VÍDEO NO FINAL DA MATÉRIA!

O dia corria bem, mas nada como um produtor precavido. Já para os bandidos, segundo o relato, “dia errado, fazenda errada”. Pois bem, foi no interior do Piauí, que uma fazenda que já havia sido assaltada outras vezes, recebeu novamente a visita da quadrilha, composta por nove homens.

A propriedade, que havia se tornado alvo dos bandidos, acabou usando eles de alvo para poder “trinar” a pontaria da submetralhadora. “Depois de 4 assaltos em menos de 2 anos praticados pela mesma quadrilha, fazendeiro se prepara, espera e mata todos os 9 integrantes da quadrilha”, relata o comunicado.

Em depoimento a polícia, fazendeiro conta o que ocorreu e como foi a ação que culminou na morte dos bandidos em sua propriedade. As imagens do vídeo mostram, de forma clara, a agilidade da ação do fazendeiro. Lembramos que as imagens são fortes!

“Eu sabia que eles voltariam, vendi um trator pra comprar uma sub metralhadora, porque as armas que eu tinha eles levaram todas, já estava esperando por eles”, relata o fazendeiro de 63 anos em depoimento à polícia.

Transcrição: C… hein? C… esse aqui, ó, ele veio para arregaçar mesmo. É, ele arregaçou tudo. Olha aí, os cara novo, hein? Tudo novo lá. Até parece que tá dormindo. Olha lá. Aqui acho que tem quatro. Vê se o crime compensa? O crime não compensa. Só Jesus na causa

Confira o vídeo abaixo, as imagens são fortes:

Em menos de 24h, polícia recupera 20 gados roubadas, prende receptador e apreende arma

Na tarde desta quinta-feira, 14, a Polícia Civil, por meio da Delegacia da 2° Regional, registrou um boletim de ocorrência sobre roubo de gado na região da Baixa Verde, localizada no km 25 da BR-317, e prendeu em flagrante A.J.N de L. em sua propriedade onde o gado foi encontrado.

Durante as buscas, foi apreendida uma arma de fogo tipo espingarda com 5 munições não deflagradas.

Em posse das informações, a equipe de investigadores da 2° Regional deu início às investigações e conseguiu chegar até a uma propriedade localizada no km 110, Ramal do Pelé, onde o gado estava preso em um curral.

A confirmação que eram as cabeças de gado roubadas se deu pelo reconhecimento da marca, a ferro, a qual estava cravada na parte externa da coxa esquerda de cada animal.

Diante dos fatos, o investigado foi interrogado pela autoridade policial e não revelou de quem teria comprado o gado e nem quem teria feito o transporte das cabeças de gado até sua propriedade.

De acordo com delegado Jarlen Rodrigues, a investigação deve continuar no sentido de identificar mais pessoas envolvidas nesse crime.

“Assim que recebemos as informações demos início aos trabalhos investigativos e chegamos até a propriedade onde o gado estava escondido. O proprietário da terra será indiciado pelo crime de receptação mas as investigações irão continuar para descobrir mais pessoas que participaram desse furto”, esclareceu Jarlen.

O acusado foi encaminhado para Delegacia de Flagrantes (DEFLA) para procedimento praxe e em seguida colocado à disposição da Justiça.

O rebanho, avaliado em R$ 75.000,00 (setenta e cinco mil reais) foi devolvido ao seu proprietário que se responsabilizou pelo transporte do gado de volta à sua propriedade.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com