PF faz grande apreensão de defensivos falsos em SP

PF faz grande apreensão de defensivos falsos em SP

PARTILHAR
Foto: Divulgação

Ação da Polícia Federal de São José do Rio Preto, interior de São Paulo, prende mais de 1,5 mil quilos de defensivos agrícolas falsificados.

A Polícia Federal de Rio Preto apreendeu aproximadamente 1.600 quilos de agrotóxicos defensivos agrícolas falsificados em uma chácara da região. O material estava com dois homens, pai e filho, que foram levados para a sede da Polícia Federal para prestar esclarecimentos.

No Brasil, os agrotóxicos defensivos agrícolas à venda são fiscalizados pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), pelo Ibama e pelo Ministério da Agricultura. Estima-se que pelo menos 30% dos defensivos agrícolas usados no país são contrabandeados ou fabricados ilegalmente. (Com informações do sbtinterior.com)

O consumo só aumenta, apesar de a Anvisa alertar que os defensivos agrícolas irregulares não oferecem segurança para a população e para o ambiente. A eficiência também é questionada, já que são fabricados sem controle, o que aumenta o risco para a saúde da população.

Agrotóxico ilegal infesta lavouras e polícia retém 15 toneladas em 7 meses

Inseticida fabricado na China apreendido em Mato Grosso do Sul (Foto: Divulgação)

Recentemente pelo menos 15 toneladas de agrotóxico de uso proibido no Brasil foram apreendidas nos primeiros sete meses deste ano em Mato Grosso do Sul.

Fabricados principalmente na China, os produtos são contrabandeados do Paraguai através de uma rede do crime organizado que utiliza as mesmas rotas do narcotráfico e do contrabando de cigarro.

Os destinos do agrotóxico contrabandeado são os grandes estados produtores de grãos do país, como Mato Grosso, Goiás, São Paulo e Paraná, mas boa parte fica é aqui mesmo para ser usada em lavouras sul-mato-grossenses.

O maior crescimento nas apreensões do agrotóxico pirata foi registrado pela PMR (Polícia Militar Rodoviária).

Nos sete primeiros meses deste ano foram apreendidas 5,7 toneladas de produtos contrabandeados no estado. Em 2018 a PMR não havia apreendido sequer um quilo.

Só a PRF (Polícia Rodoviária Federal) registrou queda nas apreensões de agrotóxico neste ano. Foram 1.757 quilos de 1º de janeiro até 31 de julho.

No mesmo período do ano passado foram 4.399 quilos apreendidos. Nos 12 meses de 2018 foram 12,6 toneladas apreendidas pela Rodoviária Federal.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com

PARTILHAR
Portal de conteúdo rural, nosso papel sempre será transmitir informação de credibilidade ao produtor rural.