Picanha barata? Churrasqueiro mostra truque com alcatra

PARTILHAR
Foto: Reprodução

[Vídeo] Especialista em corte de carnes mostra como é fácil reproduzir uma picanha falsa na peça de alcatra e dá algumas dicas para não comprar gato por lebre

As festas de final de ano estão chegando e o consumo daquele bom e velho churrasco aumenta consideravelmente. O brasileiro é completamente apaixonado por carne, cada região do país adota uma maneira especial de conduzir o momento de “queimar” a carne, inclusive os cortes escolhidos na hora da festa, mas se tem um corte que é unanimidade no país, esse é a picanha.

Já ouviu falar na picanha falsa? Infelizmente uma ou outra churrascaria e até açougues comercializam outros cortes se passando como picanha. A capa do filé e o coxão duro por exemplo, são preparadas no espeto em medalhões e servidas como picanha em alguns restaurantes mal-intencionados. Da alcatra é feita a picanha falsa com o formato triangular muito parecido com o da verdadeira.

Fonte: Manual da Brasa

A peça de picanha é retirada de uma das partes mais nobres do bovino, até por isso seu preço é realmente salgado, em média você irá pagar, no quilo, em torno de R$ 70 enquanto o preço médio da alcatra é R$ 40. É por isso que a falsificação é criada.

O Vitor Vieira, especialista em cortes no interior de São Paulo, publicou em seu Instagram como a falsificação é executada e como é fácil “desenhar” uma picanha na peça de alcatra. Ele salienta que a gordura pode ser parecida, entretanto as fibras do alcatra são completamente diferentes das encontradas na picanha. “É possível até encontrar algumas veias parecidas, só que as veias da picanha ela corre lateral, diferente do alcatra que são alinhadas no meio da peça. Por isso é preciso ter muito cuidado na hora de comprar, pois visualmente as peças são muito parecidas.”

Confira o vídeo:

Mas não se preocupe, felizmente isso acontece em uma parcela muito pequena de estabelecimentos. Uma dica para não levar gato por lebre é sempre ir em locais de sua confiança e tentar reparar nas características da carne que você está consumindo ou comprando.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com