Pneu de trator explode, deixando um morto e dois feridos

Pneu de trator explode, deixando um morto e dois feridos

PARTILHAR
Foto Ilustrativa

Uma simples manutenção em um pneu de trator acabou se tornando uma fatalidade; pneu de trator explode e causa a morte de borracheiro, além de deixar dois feridos!

Um incidente registrado na noite destes sábado (9), na cidade de Teotônio Vilela, resultou em uma morte e duas pessoas feridas numa borracharia. O pneu de trator explode durante a realização de uma calibragem e causa uma fatalidade.

Os acidentes envolvendo tratores, seja na sua utilização ou manutenção, estão crescendo a cada dia, qual a causa desse? Um pneu de trator explode. O Compre Rural, tem uma grande preocupação com essa atividade, pois ela é fundamental para o setor agropecuário, mas é preciso ter cuidados para poder evitar acontecimentos como esse. Nós da equipe, desejamos forças para a família nesse momento.

As vítimas, segundo informações de testemunhas, realizavam a calibragem do pneu no momento que ocorreu a explosão. Os feridos, ainda segundo informações, são integrante da mesma família, dois filhos e o neto do dono do estabelecimento.

Duas vítimas, em estado mais grave, foram encaminhadas para o Hospital de Emergência do Agreste (HEA), em Arapiraca. Uma delas, com risco de morte, foi levada através do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e deu entrada na ala vermelha.

O segundo homem foi levado por uma ambulância do município, ele deu entrada na ala amarela do hospital. A terceira pessoa ferida foi encaminhada ao hospital da cidade, mas logo transferida para o HEA, onde também deu entrada na ala amarela, ambos não correm risco de morrer.

Os dois feridos foram identificados como, Weverton Vieira Silva e José Eduardo Pinto Silva. As vítimas são dois borracheiros e um ajudante. As informações foram fornecidas ao AlagoasWeb através da assessoria de comunicação do HEA.

Já José Edielson Pinto Silva, de 30 anos, foi socorrido e encaminhado também para o HEA pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e deu entrada na ala vermelha, porém,  não resistiu e morreu.

Características dos acidentes

A caracterização dos acidentes com tratores agrícolas reveste-se de grande importância porque acidentes com características diferentes possuem causas e conseqüências específicas. Portanto, acidentes com características diferentes exigem práticas, na maioria das vezes, específicas para a efetiva minimização de seu nível de ocorrência e gravidade.

Analisando-se a literatura disponível a respeito deste assunto, pode-se inferir que não existe uma metodologia criada especificamente para caracterizar os acidentes de trabalho envolvendo tratores agrícolas, como já ocorre de longa data no caso dos acidentes ocorridos em indústrias.

Embora haja tentativas de extrapolar as metodologias empregadas na indústria para o caso específico dos tratores agrícolas, o mais usual é caracterizar os acidentes com esta máquina segundo o seu tipo, cuja definição não é bem clara.

Apesar das dificuldades conceituais, pesquisas realizadas tanto no exterior como no Brasil, embora escassas, têm demonstrado que o tipo de acidente com tratores agrícolas de maior freqüência constitui-se no capotamento, ocorrido em 50 a 60% dos casos.

O segundo tipo de acidente mais freqüente engloba as quedas de pessoas do trator com este em movimento que, em conjunto com os atropelamentos, respondem por 12 a 17% dos eventos.

Outros tipos de acidentes envolvendo tratores agrícolas, de ocorrência comum, são as colisões do trator contra outros veículos ou obstáculos (5 a 14%), o contato com a tomada de potência (TDP) e outras partes ativas do trator (3 a 10%) e outros tipos (10 a 15%).

Além do tipo, outras características relacionadas aos acidentes com tratores agrícolas são importantes. Uma dessas características é em que ocasião o acidente ocorre.

Dados apontam que em países subdesenvolvidos, como o Brasil e a Índia, entre 40 a 50% dos acidentes acontecem durante o tráfego do trator em estradas e rodovias, sendo o restante em atividades de campo (preparo do solo, semeadura, entre outras), manutenção e no engate e desengate de implementos.

A tendência de maior ocorrência de acidentes com tratores em estradas e rodovias em economias subdesenvolvidas pode ser explicada em função do uso do trator em atividades extra-campo, principalmente como veículo de transporte de passageiros, em substituição aos meios convencionais de transporte, inacessíveis à maioria dos produtores.

Alia-se o fato de que as condições do trator para o tráfego em rodovias, especialmente no que se refere à iluminação e sinalização, são precárias considerando a realidade da maioria das propriedades localizadas em países periféricos.

Outra informação freqüentemente disponibilizada refere-se à idade. Trabalhos realizados nos EUA indicam que a probabilidade de morte, considerando os acidentes envolvendo tratores e máquinas agrícolas, é cerca de 17 vezes superior para os operadores com idade igual ou superior a 65 anos, comparativamente aos com idade entre 16 e 64 anos.

Tempos de resposta mais lentos e menor capacidade de visão e coordenação motora são características que podem contribuir para o maior risco de acidentes com tratores agrícolas observado para os operadores com mais de 65 anos de idade.

Vídeo do momento em que ocorre um acidente, todo cuidado é pouco, veja o alerta!

Fonte: Minuto Arapiraca

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com