Polícia fecha frigorífico clandestino em fazenda

Polícia fecha frigorífico clandestino em fazenda

PARTILHAR
Foto Divulgação.

Vários objetos utilizados para abate clandestino de gado foram apreendidos. Os suspeitos foram autuados em flagrante por furto qualificado e associação criminosa.

Mais de 40 cabeças de gado furtadas de uma propriedade rural do município de Barra do Garças (509 km a Leste de Cuiabá) foram recuperadas pela Polícia Judiciária Civil com apoio da Polícia Militar, na segunda-feira (21.10), poucas horas após o crime.

A ação da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Barra do Garças, deflagrada com apoio da Delegacia de General Carneiro e Polícia Militar, resultou em dois homens presos e na apreensão de vários objetos utilizados para abate clandestino de gado. Os suspeitos, N.R.K. e V.V.A., foram autuados em flagrante por furto qualificado (abigeato) e associação criminosa.

Gado furtado de fazenda é encontrado em frigorífico clandestino e 2 homens são presos em MT.

As diligências iniciaram depois da comunicação do furto ocorrido na madrugada de segunda-feira (21.10), na Fazenda Agropecuária de Barra do Garças SA. Na ocasião, os autores usaram um veículo tipo caminhão para o transporte dos animais.

Durante investigação, os dois autores do furto foram identificados pela Polícia Civil, e o rebanho confinado localizado em uma propriedade rural da região, Fazenda Jatobá.

No local, foram encontrados vários objetos usados para abate de gado, além de materiais, como machado, travessa, gancho, talha, balança de varão para pesagem de bovinos abatidas, indicando a existência de um frigorífico clandestino na propriedade.

Os suspeitos, N.R.K. e V.V.A., foram conduzidos para Derf de Barra do Garças, e durante interrogatório assumiram a autoria do crime.

Gado furtado de fazenda é encontrado em frigorífico clandestino e 2 homens são presos em Barra do Garças — Foto: Polícia Civil de Mato Grosso/Assessoria

Eles foram autuados em flagrante por furto qualificado (abigeato) e associação criminosa. Em seguida ambos foram apresentados para audiência de custódia, ficando à disposição da Justiça.

A equipe da Derf de Barra do Garças, coordenada pelo delegado Nelder Pereira Martins, continua com as diligências investigativas para identificar outras possíveis pessoas envolvidas no crime.

Fonte: PJC MT

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com