Polícia mata dois ladrões de gado avaliado em R$ 240 mil

PARTILHAR

O caminhão foi apreendido, junto aos animais. O gado, avaliado em R$ 240 mil, foi devidamente restituído ao proprietário rural. Ladrões morreram!

A polícia matou dois ladrões de gado tentaram reagir à abordagem da Polícia Militar e acabaram abatidos após uma troca de tiros. O caso aconteceu nesta terça-feira, 16, em Goiás. De acordo com as autoridades, eles fazem parte de uma associação criminosa especializada em crimes de estelionato contra produtores rurais.

A investigação começou após um pecuarista de Mozarlândia, no noroeste de Goiás, denunciar à Polícia Militar que estava sendo vítima de estelionato. Os criminosos compraram 19 cabeçadas de gado usando documentos e cheques falsos.

“Nós recebemos a informação do produtor rural, dando conta de que ele provavelmente estaria sendo vítima de estelionato. Ele continuou a negociação com os estelionatários e na noite de segunda-feira, o gado foi embarcado”, conta o comandante do Batalhão, tenente-coronel André Luiz de Carvalho.

Os policiais militares acompanharam o transporte do gado, com o intuito de identificar os suspeitos que estariam por trás do crime. As equipes efetuaram a abordagem no trevo que faz divisa entre os municípios de Goianápolis, Senador Canedo e Bonfinópolis.

“O caminhoneiro se identificou, se rendeu, porém esses dois outros homens, no momento da abordagem, optaram pelo revide, não aceitaram a ordem de prisão”, destaca. Os militares revidaram. Os indivíduos foram atingidos e chegaram a ser socorridos, mas acabaram morrendo. Com eles, foram apreendidas duas armas de fogo e munições.

O caminhão foi apreendido, junto aos animais. O gado, avaliado em R$ 240 mil, foi devidamente restituído ao proprietário rural.

O motorista do caminhão informou aos policias que não sabia do crime em andamento e foi preso em flagrante. “O caminhoneiro era de boa fé, ele foi contratado para fazer o transporte e desconhecia a ação criminosa”, ressalta o tenente-coronel Carvalho.

Foto: Polícia Militar de Goiás

Depois de preso, o motorista foi levado ao Distrito Policial da região, para as providências cabíveis. Um segundo suspeito, que também estava no local, conseguiu fugir.

O caminhão foi apreendido, junto aos animais. O gado, avaliado em R$ 240 mil, foi devidamente restituído ao proprietário rural.

Com informações da Polícia Militar de Goiás

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com

PARTILHAR
Portal de conteúdo rural, nosso papel sempre será transmitir informação de credibilidade ao produtor rural.