Polícia mata dois ladrões de gado, imagens fortes!

Polícia mata dois ladrões de gado, imagens fortes!

PARTILHAR

Dois suspeitos por furto de gado morrem e outro foge baleado em confronto com a polícia na noite de ontem. Confira!

Três homens, suspeitos de integrarem uma quadrilha especializada em furtos de gado, morreram após uma troca de tiros com policiais em Vitória da Conquista, cidade do sudoeste da Bahia, durante uma operação na noite de sexta-feira (5).

Segundo a delegacia da cidade, os homens foram descobertos após denúncias anônimas de que eles atuariam na região. Os policiais então fizeram uma campana para tentar localizar os suspeitos, por volta das 19h30, e identificaram o trio no anel viário, a bordo de um carro. A polícia então continuou a perseguição.

De acordo com a polícia, os homens dispararam contra os agentes nesse momento. Houve troca de tiros. Arnaldo Vieira Brito e Ronaldo Vieira Brito morreu dentro do carro. Já Cosme Moraes Couto conseguiu fugir pelo local, mesmo baleado.

Apesar disso, Cosme foi achado morto na manhã deste sábado (6). Com eles foram achados: um revólver cal. 38, duas armas de fogo, várias munições deflagradas cal. 38 e cal. 9mm.

Já na casa de Ronaldo, onde os policiais fizeram buscas, foram achados um rifle (cal. 22, cano longo, com silenciador e luneta), 66 munições intactas (cal. 22, 02 carregadores cal. 22), um brucutu, dois rádios de comunicação, um Machado, duas facas, um amolador de faca, valores em dinheiro e cheques, além de objetos diversos e um veículo caminhonete clonada.

Ainda segundo a polícia, eles começaram a atirar na guarnição, que revidou. Os três morreram no local. Dois revólveres calibres 38, uma rifle cano longo calibre 22, mais de 60 munições, carregadores para os armamentos, rádios comunicadores, cheques, dinheiro e o carro, que tinha placa clonada, foram apreendidos.

“Pelos armamentos e munições desconfiamos que o trio praticava outras modalidades de crime contra o patrimônio. Sabemos da possibilidade de existirem outros integrantes na organização criminosa e continuaremos com as investigações”, contou o diretor do Departamento de Polícia do Interior (Depin), delegado Flávio Góis.

Compre Rural com informações do G1

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com