Polícia “mata” ladrões de gado e recuperam R$ 90 mil

Polícia “mata” ladrões de gado e recuperam R$ 90 mil

PARTILHAR

A polícia, em uma ação rápida, prendeu os suspeitos após furtarem vacas leiteiras avaliadas em R$ 90 mil; Polícia “matou” os ladrões, acabando com o crime!

Dois suspeitos foram presos na tarde desta sexta-feira (26/06/2020) em Mimoso do Sul com 10 vacas leiteiras avaliadas em R$ 90 mil. Os animais, da raça girolando, são resultados de processo de melhoramento genético e foram furtados de uma propriedade rural no interior do município no início da semana.

Na ação conjunta realizada pela Polícia Civil e pelos militares da 15ª Companhia, foram presos dois homens, de 41 e 55 anos. De acordo com a polícia, um dos suspeitos já era investigado furto e recepção de gado. Já o outro tem passagem por homicídio.

O delegado de Mimoso do Sul, Romulo Carvalho Neto, informou que os policiais chegaram até o endereço por meio de denúncia anônima. A informação era de que o gado estava na iminência de ser retirado e vendido.

De acordo Romulo, a polícia foi à propriedade, situada em um terreno de difícil acesso, acompanhada de um agente do Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal (Idaf) e da vítima do roubo.

O delegado explicou ainda que ao chegarem ao sítio, os policiais encontraram um dos suspeitos ao lado de um cavalo, onde estava uma espingarda calibre 12 com sete cartuchos.

Em seu bolso, foram encontrados outros seis cartuchos, além de estojo de munição e um tablete de maconha. O gado estava dentro de um curral. Os animais foram reconhecidos pelo proprietário.

Enquanto os policiais estavam na propriedade, chegou um caminhão de transporte de gado. O suspeito de 55 anos alegou para a polícia que o veículo seria para buscar éguas, mas o caminhoneiro afirmou que foi contratado para transportar bovinos.

Fonte: Tribunaonline

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com