Polícia procura dono de 300 cabeças de gado, é você?

Polícia procura dono de 300 cabeças de gado, é você?

PARTILHAR
A PM avaliou a carga em R$ 900 mil e segundo os motoristas dos caminhões, eles não sabiam da procedência dos animais - Foto: Divulgação/PM

Animais foram apreendidos, a carga esta avaliada em quase R$ 1 milhão de reais, segundo os valores atualizados. Confira o vídeo abaixo da operação!

Policiais do Comando de Operações de Divisas (COD) apreenderam 300 cabeças de gado que estavam sendo transportadas sem guias de recolhimento de impostos ou documento de comprovação de origem. Agora, a polícia busca identificar os autores do crime e também o dono dos animais que estavam sendo transportados. É você?

Segundo as informações divulgadas, o caso aconteceu na GO-174, entre Itaguaru e Lagoa Santa, na madrugada desta terça-feira (19). Os caminhões estavam carregados e não possuíam a nota de transporte do gado. Além disso, o horário levantou suspeita da polícia.

Segundo a Polícia Militar (PM), a falta de pagamento dessas taxas e multas causaria um prejuízo de R$ 85 mil aos cofres públicos. Militares estavam na rodovia quando se depararam com cinco caminhões carregados com os animais. A carga está avaliada em R$ 900 mil e seria encaminhada a uma fazenda no município de São Simão, que fica 126 quilômetros do local.

Uma operação que se faz necessária e deve ser apoiada pelos produtores, já que a onda de criminalidade tem crescido e o campo se tornado alvo das quadrilhas, já que os produtos se valorizaram muito nos últimos anos.

Os condutores afirmaram aos policiais que não tinham conhecimento da procedência do gado e que foram apenas contratados para realizar o frete. Todos os envolvidos foram encaminhados à delegacia fiscal de São Simão.

Confira o vídeo da ação dos polícias:

Os animais e os veículos usados no transporte foram apresentados à autoridade fiscal que tomou as devidas providências. A polícia procura informações sobre o dono dos animais, caso alguém tenha conhecimento, entrar em contato pelos meios de comunicação da PM.

Ação fecha produção clandestina de defensivos

Equipes do 42º Batalhão da PM, em uma ação realizada em Goianira, fecharam uma fábrica clandestina de defensivos agrícolas. Os militares receberam denúncia sobre um indivíduo que estaria trafegando na cidade com um carro roubado e foram ao local averiguar.

O suspeito foi encontrado algum tempo depois, com o veículo denunciado. Após novas diligências, os policiais chegaram a um galpão, indicado pelo homem.

No local funcionava a fábrica irregular de defensivos agrícolas. Ao todo, foram apreendidos no endereço diversos produtos químicos, insumos, embalagens e uma caminhonete utilizada no transporte dos produtos adulterados.

O outro veículo, com registro de roubo, também foi apreendido. O suspeito foi preso em flagrante e encaminhado à Delegacia de Polícia de Trindade, para as demais providências cabíveis.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com