Polícia quer achar o dono de gado apreendido, veja!

Polícia quer achar o dono de gado apreendido, veja!

PARTILHAR
Foto Divulgação

Polícia pede ajuda para descobrir quem é o dono das mais de 35 cabeças de gado que foram apreendidas em um caminhão boiadeiro. Veja a matéria!

Trinta e nove cabeças de gado sem origem comprovada, foram apreendidas pelos policiais da Delegacia Especializada de Repressão a Roubos a Bancos, Assaltos e Sequestros (Garras) na manhã desta terça-feira, 06 de agosto, em Corumbá. Os animais estavam em poder de um homem, que teve somente as iniciais divulgadas, C. C. O., de 44 anos.

Todo o gado estava em um caminhão, que foi carregado na região do Porto Geral, onde provavelmente os animais foram desembarcados. A ação policial teve apoio dos policiais da Delegacia Regional da Polícia Civil de Corumbá.

Operação faz parte do combate ao crime organizado, ação criada pela polícia como Operação Punch

A ação faz parte da Operação Punch, deflagrada no município no final de junho com foco no combate e repressão ao abigeato (roubo e furto),  que mantém o mercado ilegal de carne.

Sobrevoando

As equipes do Garras ainda sobrevoam a região na tentativa de localizar mais animais furtados no Pantanal Sul-Mato-Grossense. Com informações da Polícia Civil. 

Fazenda é alvo de abigeato em Arambaré

Boi da raça Braford foi morto e carneado no interior da fazenda, a cada dia que passa, esse tipo de crime, é mais comum. Os proprietários não tem segurança no campo.

Nesta terça-feira (06), mais um crime de abigeato foi registrado na Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA) de Camaquã. O crime ocorreu em uma fazenda localizada na cidade de Arambaré.

De acordo com a ocorrência policial, um boi da raça Braford foi morto e carneado no interior da fazenda. O animal tinha um ano de idade e cerca de 250kg.

O crime ocorreu no dia 1º de agosto, na madrugada e, foi registrado ontem (06). Não há suspeitos de terem cometido o crime.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com