Polícia recupera 200 rês avaliadas em R$ 1 milhão, vídeo

PARTILHAR
Foto: Polícia Civil

Ação integrada da Polícia do Mato Grosso e do Pará, logrou êxito e recuperou os cinco caminhões com as cabeças de gado, prejuízo seria de R$ 1 milhão!

Uma quadrilha roubou cerca de 200 cabeças de gado neste sábado (6), em uma fazenda no município de Confresa (1011 km de Cuiabá). Segundo informações, a fazenda foi invadida por 10 homens armados que renderam os funcionários. O roubo iniciou por volta das 18h de sexta-feira (5) e foi finalizado na manhã deste sábado.

Segundo as informações divulgadas pelo vídeo, cerca de cinco caminhões boiadeiros foram utilizados para poder embarcar o gado que teria sido roubado de uma propriedade rural na divisa entre o estado do Mato Grosso e do Pará. Toda ação foi coordenada de forma integrada e impediu o êxito do que seria o maior roubo da história na região, veja o vídeo!

Segundo as informações do Delegado da Polícia Civil do Mato Grosso, Polícia Civil de Confresa, a ação foi integrada contando com, ainda, PM do estado do Mato Grosso e a PM do estado do Pará, onde foram detidos todos os motoristas e impedido que o fazendeiro tivesse um prejuízo de R$ 1 milhão em gado furtado.

“Quando tomamos conhecimento dos fatos, o grupo da polícia militar já estava em campo e encontrou esses caminhões aqui na estrada vicinal, onde foi então logrado êxito e impedido esse roubo”, contou o Delegado da Polícia Civil.

Os criminosos levaram cinco caminhões com cerca de 200 cabeças de gado da fazenda , o prejuízo ultrapassa R$1 milhão.

Segundo os detalhes repassados, será agora investigado as informações já coletadas para poder conseguir prender a outra parte da quadrilha que estava envolvida na operação do roubo dos animais.

Ainda segundo o Delegado, esse seria um dos maiores roubos de gado que ocorreu na região, caso os ladrões não tivessem sido presos. “Não temos conhecimento, no passado, de um roubo dessa magnitude, então esse seria um dos maiores roubos da região”, afirmou ele.

A quadrilha que realizou o roubo dos animais da propriedade utilizou de muita violência, uso de armas de fogo e, claro, sem contar o prejuízo que seria de aproximadamente mais de R$ 1.000.000,00 em cabeças de gado.

Confira o vídeo da operação:

Gostaríamos de aproveitar a oportunidade para poder parabenizar as forças integradas nessa operação pela agilidade e grande eficiência com que foram tomadas as providências e impedido esse que seria um dos maiores roubos de gado da história.

Furto de gado aumenta após preço da carne disparar; polícia faz alerta

A polícia civil tem investigado diversos furtos de gados pelo estado. O crime tem aumentado após o preço da carne elevar, segundo o Garras (Delegacia Especializada de Repressão a Roubos à Bancos, Assaltos e Sequestros) que também investiga crimes de abigeato (furtos e abate de gados).

Conforme explicado pela delegada Daniela Kades, em casos de furtos onde há envolvimento de caminhão boiadeiro e uma grande quantidade de animais há participação de funcionários da fazenda.

“Já em casos de abate, normalmente são pessoas que passam pelo local veem o animal, entram, abate, leva a carne ou pra consumo próprio ou para venda em açougues de bairros mais afastados. Eles vendem a carne mais barata. Conseguem se desfazer rápido vendendo bem abaixo do preço de mercado”, conta.

Em casos de furtos em grande quantidade de animais na maioria das vezes há envolvimento de funcionários, segundo a polícia.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com