Preço da arroba, o que esperar desse mercado?

Preço da arroba, o que esperar desse mercado?

PARTILHAR
Foto Divulgação.

Apesar das incertezas, relação entre oferta e demanda segue equilibrada e com poucas alterações nos preços da arroba, mercado do Boi China é atrativo!

Ainda há muita incerteza em relação à demanda de carne bovina, pois o isolamento alterou drasticamente os hábitos de consumo da população, fechando restaurantes, rede hoteleira e outros estabelecimentos, o que acarreta em queda no consumo principalmente dos cortes mais nobres, com congelados e embutidos passando para a primeira opção, assim como a carne de frango. 

Em entrevista com Caio Junqueira, analista de mercado da Cross Investimentos e consultor da Agrobrazil, foi explicado alguns fatores que podem influenciar o mercado do boi nos próximos dias. “Em alguns casos, o mercado do Boi China tem pagado um ágio de até R$ 20 por arroba a mais em relação ao boi do mercado interno. A demanda, hoje, é maior pelo boi de até 30 meses”, aponta ele.

As indústrias hoje, com demanda crescente da China, tem optado por animais que se enquadrem no padrão exportação, valorizando essa categoria. “Estamos com uma menor demanda no mercado interno, com uma queda de quase 16% no consumo, diante disso as indústrias que estão habilitadas para exportação, estão priorizando a compra desses animais”.

No app da Agrobrazil, pecuarista de Pompéia/SP, informou vendas de R$ 206/@ com prazo de 13 dias para pagamento e abate para o dia 08 de abril. Em Guarantã/SP, o preço foi de R$ 200/@ à vista com abate para o dia 16 de março.

O preço hoje da tonelada da carne bovina, exportação China, é de R$ 5.300, essa é uma excelente notícia e serve parâmetro para mostrar que ainda existe margem para uma alta da arroba no mercado brasileiro, já que a arroba é de R$ 233 neste cenário. “Temos ainda uma grande instabilidade no mercado interno, o cenário da exportação é um estímulo para o confinador no Brasil”, finaliza o consultor.

O mercado de reposição, comprar agora ou esperar? Confira no final do vídeo o que diz o consultor.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com