Preço disparando do Bezerro ao Boi Magro, e agora?

Preço disparando do Bezerro ao Boi Magro, e agora?

PARTILHAR
Foto: L. M Nieto / @lmnieto

Preços de bezerro e garrote disparam em muitas praças pecuárias; Cotações da reposição bombam na procura direta nas fazendas e nos leilões de gado geral.

A trajetória de valorização nos preços da arroba da boiada gorda motivou também uma maior procura por animais de reposição no País, elevando também as cotações dessas categorias mais jovens.

Entre as regiões pecuárias, destaque semanal para o mercado sul-matogrossense, onde os preços do bezerro disparam, com efetivações de negócios em torno de R$ 2.300 por cabeça, dependendo do tamanho e qualidade do lote, informa a IHS Markit. “Garrotes e novilhas também foram bem procurados ao longo desta semana”, acrescenta a consultoria.

Em São Paulo – referência para outras praças do País –, o valor médio para os bezerros chegou a R$ 2487,50/cab, na média parcial de outubro, conforme dados informados no aplicativo da Agrobrazil. Já a praça de Goiás teve média de R$ 2150/cab, seguido por Mato Grosso Sul com valor de R$ 2269/cab.

Segundo as informações da tabela abaixo, disponibiliza pelo aplicativo com exclusividade para o Compre Rural, o valor do animal teve uma alta de quase R$ 800,00 por cabeça, considerando a praça de paulista e janeiro como referência.

O pecuarista de Rancharia/SP, informou negócios na casa de R$ 2.350,00/cab, para animais com peso médio de 189 kg, ou seja, um preço por kg de R$ 12,43.

Segundo a IHS, na região Norte do País, persiste a dificuldade na alocação de gado de reposição para comercialização nos leilões, cenário que também tem impulsionado os preços locais. 

“Muitos negócios ocorrem diretamente nas fazendas, onde animais com 250 kg (em torno de 12-15 meses de idade) chegam a ser negociados até R$ 3.000/cabeça”, relata a consultoria.

As vendas de animais vivos ao exterior também oferecem suporte adicional aos preços, sobretudo no Pará e Tocantins, desta a IHS. O mercado paulista também registrou novas altas em função do descompasso entre oferta e procura. O bezerro de até 200 kg vale hoje R$ 2.450/cabeça em SP.

Embora o ritmo de chuvas entre as principais regiões pecuárias do Brasil tenha chegado tardiamente neste ano e, por consequência, limitado um desenvolvimento mais adequado da pastagem, o mercado de gado para reposição segue operando com preços firmes.

E a tendência é de mais altas daqui para frente, já que as previsões meteorológicas apontam para o registro mais volumosos de chuvas nos próximos meses na maioria dos Estados, permitindo a recuperação dos pastos. “Isso tem dado ânimo aos compradores”, destaca a IHS Markit.

Compre Rural com informações da Scot Consultoria, Agrobrazil, IHS Markit e Portal DBO

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com