Primavera: Atenção com seu cafezal na época de florada

PARTILHAR
Detalhe da flor do café no campo experimental de Porto Velho
Flor do Café / Foto: Rafael Rocha

Florada do café: Os principais cuidados nesta etapa, como controle de doenças, irrigação e outros para garantir melhor produção na próxima safra.

Seguindo o especial de primavera, o Blog da São Francisco Fibras, destacou como a estação influencia em plantios de café. A etapa de Florada do café arábica, normalmente ocorre entre os meses de setembro e novembro, e mesmo sendo um momento em que as plantações ficam lindas, são necessários cuidados para que a maior parte dos frutos seja aproveitada posteriormente.

A florada do café é resultado de uma série de processos que acontecem na planta e também da interação com fatores ambientais. Nas axilas foliares dos ramos plagiotrópicos do cafeeiro existem gemas seriadas vegetativas que, com o estímulo ambiental adequado, são evocadas a se tornarem reprodutivas. Isso ocorre a partir de janeiro e se intensifica com a chegada do outono. Quando maduras, as gemas reprodutivas entram em dormência, permanecendo nesse estado até que as primeiras chuvas cheguem.

Como chegamos até a florada?

Os pés de café após a colheita começam a produção novamente com gemas dormentes, que se tornam gemas entumecidas, que significa que estão sendo hidratadas pelas chuvas transformando-se em botões prontos para florescer.

Foto: Divulgação

Atenção com sua plantação de café na época de florada

Esta época é essencial para definir se sua colheita será mais ou menos produtiva. Em geral, quanto mais nós nos ramos, maiores as chances de muitas flores, que significam maior quantidade de frutos para a colheita, no final do ciclo de reprodução do café. Para que esse cenário siga seu melhor fluxo é preciso ter atenção a alguns detalhes:

Nem sempre campos muito floridos são sinal de colheita robusta, os ramos precisam ter folhas para fazer sua fotossíntese com eficácia trazendo os nutrientes e suprimentos necessários para a planta;

CAFÉ34 OURO FINO (MG) 09/06/09 CAFÉ/PRODUTORES AGRÍCOLA Café Caturra do Sítio Ceres, em Ouro Fino (MG). O produtor José Romero Peres Filho e seu pai cultivam café junto a brachiaria.
Foto: Paulo Liebert/AE

Cuidado com doenças que debilitem os ramos, como a: mancha de phoma e a mancha aureolada, ambas queimando parte das folhas ou ressecando as flores, impedindo que os chumbinhos (etapa posterior da floração) se reproduzam com saúde. Preste atenção à temperaturas amenas e muita umidade, isso pode ajudar as doenças a aparecerem.

Como prevenir as doenças no café

Mancha-de-Phoma em planta de cafe
Fonte: Vicente Luiz de Carvalho/Epamig

Esse controle, geralmente, é feito de forma química e deve ocorrer desde antes da floração, final do inverno e durante toda a primavera, etapa de floração. Segundo o blog Aegro: “No caso da Phoma, o ingrediente ativo mais utilizado é a Boscalida (Cantus) na dose de 150 g do produto por hectare. Com a presença da mancha-aureolada, recomenda-se adicionar cobre na mistura a 0,3%, realizando assim o controle simultâneo das duas doenças. Não é raro que existam focos de ferrugem (Hemileia vastatrix) já ocorrendo na lavoura durante a florada. Assim, se faz necessário utilizar outros fungicidas, geralmente misturas de estrobilurinas, triazóis e/ou carboxamidas.”

Adubação

O produtor deve ter como base um equilíbrio entre nitrogênio e potássio, ao adubar seu plantio de café, só este controle já reduz muito a possibilidade de doenças. A adubação deve ser feita antes da florada, para que a planta consiga aproveitar o melhor desse benefício.

Colheita de café

Prestar atenção a todas as etapas do seu cafezal é essencial para que sua colheita seja o mais rentável possível. E com mais de 20 anos de experiência no mercado, a São Francisco Fibras lembra que temos varetas para máquinas colhedoras de café para garantir que todo o esforço investido no ciclo do café seja garantido com frutos inteiros e prontos para produção, sem nenhum dano na hora da colheita.

Mesmo antes das flores aparecerem, o produtor deve estar atento e atuar preventivamente, principalmente em áreas que favoreçam a incidência de doenças como phoma e mancha-aureolada. A irrigação e adubação podem ser diferenciadas na época da florada, sempre visando a obtenção de melhores colheitas e eficiência. Com um bom manejo na florada do café, a possibilidade de se ter uma lavoura saudável e produtiva são maiores.

Fique sempre atento!

Material reproduzido do Blog da São Francisco Fibras

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com

PARTILHAR
Portal de conteúdo rural, nosso papel sempre será transmitir informação de credibilidade ao produtor rural.