Produtor “perde” 60 cabeças de gado e pede ajuda!

Produtor “perde” 60 cabeças de gado e pede ajuda!

PARTILHAR
Foto Divulgação.

O gado estava na propriedade rural, que fica na “Estrada Sete Voltas”, localizada na zona rural de Goianésia. Ele pede ajuda para achar os animais!

Um pequeno produtor rural do município de Goianésia do Pará, no sudeste paraense, se deparou com uma cena inusitada em sua propriedade rural: o desaparecimento de nada menos de 60 cabeças de gado.

Na tarde desta sexta-feira, 13, a reportagem contatou a vítima, que disse não ter registrado Boletim de Ocorrência na delegacia local. Os animais estão avaliados em mais de R$ 100 mil.

O gado estava na propriedade rural, que fica na “Estrada Sete Voltas”, localizada na zona rural de Goianésia.

Segundo o proprietário, identificado apenas pelo apelido de “Branco”, as 60 cabeças de gado estão distribuídas em um touro “PO”, 46 vacas nelores e 13 bezerros.

“O gado ficava numa área de remanso, onde não existe morador. Descobri o roubo quando cheguei para fornecer suplemento mineral para eles”, relatou angustiado.

Na tentativa de reaver os animais roubados, o produtor rural distribuiu fotos e marcas do gado, que podem ser identificadas pelas inscrições “HD” e “PS”.

“Branco” disse por telefone que não sabe como aconteceu o roubo do gado. Estima-se que um ou dois caminhões gaiolas foram envolvidos no crime e que mais de cinco pessoas participaram da ação, pois devido à grande quantidade de animais roubados seria necessária uma boa logística.

Apesar do prejuízo financeiro, até a tarde de ontem o proprietário dos animais não teria feito registro do roubo na Delegacia de Goianésia para ser investigado e nem qual teria sido o destino dos animais.

“Branco” forneceu o número de celular (94) 99107-3807 para receber informações sobre o paradeiro da carga de animais.

Fonte: Correio de Carajas

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com