Produtor quer indenização por vaca morta por cobra

Produtor quer indenização por vaca morta por cobra

PARTILHAR

O produtor relatou, no vídeo, que uma cobra matou a sua vaca e ele agora quer que o IBAMA pague o prejuízo. O que você acha desse pedido?

O vídeo viralzou na internet e levantou uma questão que os ambientalistas de plantão podem ajudar a responder, o animal que é morto por ataque de animais silvestres protegidos por lei, terá o produtor direito a indenização do Ibama e ou órgãos competentes? Pois bem, confira essa história!

Afinal de contas, de quem é o prejuízo quando um animal protegido pelo governo mata a criação do produtor? Pois bem, não existe na legislação uma definição quanto a isso. Infelizmente o produtor está a mercê desses acidentes. A natureza precisa de equilíbrio e esse depende de diversos fatores. Veja o vídeo logo abaixo:

No caso em questão, o produtor parece revoltado com o acontecimento da perda de uma de suas vacas de leite. Ele quer saber quem vai pagar o prejuízo, se o Governo vai mandar um vaca nova para ele.

A natureza do vídeo foi questionada por muitos, principalmente pelo tamanho da cobra que esta enroscada no pescoço da vaca, afinal, uma cobra dessas tem a capacidade de matar um animal desse porte? Assista o vídeo e tenha suas próprias conclusões:

RELA PECUARISTA QUE UM COBRA MATOU SUA VACA E ELE CULPA O IBAMA

RELATA PECUARISTA QUE UMA SUCURI MATOU SUA VACA e ele agora quer que o IBAMA paga o prejuizo. o que voce acha? Seguir Fernando c Fernando C Aguiar

Posted by Fernando de Rondônia on Wednesday, May 1, 2019

Vídeo mostra Sucuri gigante atacando um boi, confira!

As duas maiores espécies de cobras do mundo, a sucuri (ou anaconda) e a píton, já foram flagradas devorando não exatamente bois, mas bezerros. Veados, antas, antílopes, jacarés e capivaras são outras vítimas de grande porte que também podem ser atacadas pela sucuri (encontrada na Amazônia) ou pela píton (natural da Ásia), que atingem de 9 a 10 metros de comprimento. 

Circula nas redes sociais um vídeo em que mostra uma cobra sucuri lutando com um boi na região no Oeste do Paraná, a cobra se enrola no animal e pega ele pelo pescoço. Os momentos de tensão foram gravados pelos peões que estavam no local. Confira o vídeo no final da matéria!

Para comer um bezerro, essas serpentes têm um trabalho danado. Elas precisam sufocar a presa até a morte e usar uma série de “armas” anatômicas para conseguir engolir um bicho tão grande.

“Dependendo do tamanho da presa, a cobra fica depois semanas sem se alimentar. Em alguns casos, ela pode até morrer em função das dimensões do animal”, afirma o biólogo Otávio Marques, do Instituto Butantan, de São Paulo.

De acordo com a pesquisadora bióloga da Universidade Federal do Amazonas (UFAM), Luciana Frazão, o tamanho médio de uma sucuri adulta é de quatro a oito metros, mas há registros documentados de que o animal pode chegar a até dez metros de comprimento.

Sobre os riscos aos homens que gravaram o vídeo, Luciana, que trabalha com biodiversidade e conservação de serpentes amazônicas, tranquiliza, e diz que as sucuris são relativamente tranquilas e inofensivas.

“O ser humano não é presa natural desses animais. Eles se alimentam de pequenos mamíferos, como capivaras, e até outros répteis. O ideal é manter uma distância segura, respeitar e não chegar perto por curiosidade”, alertou.

No vídeo percebe-se a força desse animal, o seu tamanho é assustador. O boi consegue, por milagre, se safar do abraço mortal da sucuri gigante. A atitude dos produtores é de se aplaudir, não interferiram na lei da natureza e, muito menos, mataram a cobra. Confira o vídeo!

Assista ao vídeo:

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com

PARTILHAR
Portal de conteúdo rural, nosso papel sempre será transmitir informação de credibilidade ao produtor rural.