Protocolo de baixo custo garante 6 arrobas em 90 dias

Protocolo de baixo custo garante 6 arrobas em 90 dias

PARTILHAR
Foto Divulgação

O protocolo TIP Termina-Fácil Connan tem rentabilidade garantida, promovendo ganhos superiores a 6 arrobas em 90 dias, apenas. Veja!

Em pecuária, o período da terminação representa o momento no qual o animal deve atingir o peso e acabamento de carcaça adequados, agregando valor a todo trabalho realizado durante a cria e a recria. Neste momento, em que o animal se aproxima da maturidade, a intensidade do crescimento, assim como o ganho de peso e a eficiência alimentar diminuem.

Por isso, o pecuarista deve manter a atenção redobrada ao acabamento da carcaça, um dos principais diferenciais para agregar qualidade e valor no momento da venda. Neste cenário, a Terminação Intensiva a Pasto, ou TIP, surge como uma estratégia que traz velocidade para a terminação dos animais, com o aumento do aporte nutricional, fornecimento da ração direto no cocho e na própria área de pastejo.

Terminação Intensiva a Pasto (TIP), um sistema vantajoso 365 dias por ano. Garantia de rentabilidade e produtividade na fazenda!

“O que diferencia a TIP do confinamento tradicional é sua facilidade de manejo e de instalação, já que o trato é realizado no mesmo pasto dos animais e ele se torna a fonte do volumoso. Além disso, o confinamento tem altos custos estruturais e operacionais, dessa forma a TIP se apresenta como uma alternativa muito viável”, explica o médico veterinário e gerente de marketing da Connan, Marcio Bonin.

A Terminação Intensiva a Pasto é um modelo vantajoso, pois dá previsibilidade de abate ao pecuarista, possibilitando que se desenvolva um programa nutricional tanto para as águas quanto para as secas, permitindo abater lotes de cabeceira, meio e fundo com maior homogeneidade.

A TIP facilita também a extensão do prazo de abate sem a necessidade de se investir em uma estrutura de confinamento.

Foto Divulgação

No modelo TIP, o animal consome no pasto a mesma quantidade de ração que é fornecida quando está confinado, a diferença é que o próprio pasto passa a ser a fonte de volumoso. O menor custo operacional, a fácil adaptação e índices mínimos de refugo de cocho proporcionam ainda maior bem-estar animal e alta eficiência.

Trabalhando desde 2016 com a Connan, uma das principais indústrias de nutrição animal do Brasil, o Grupo Cairu, de Rondônia, implantou o protocolo TIP Termina-Fácil Connan para terminação do gado, principalmente no período da seca.

O desafio era aumentar a margem financeira do protocolo realizado no pasto, produzindo mais arrobas por animal e por hectare, levando em consideração a viabilidade econômica da propriedade.

Em termos de lucratividade, o primeiro lote já apresentou resultados surpreendentes, como destaca o diretor do Grupo Cairu, Eugênio Junior. “Foram tratados 51 bois que apresentaram rendimento de carcaça de 58%, resultando em 4% de lucro líquido ao mês sobre o investimento, contabilizando o aluguel do pasto, mão de obra, investimento em ração e no animal. Quando comparado ao modelo antigo, o resultado era menor que 2% ao mês”.

O ganho para a propriedade é notável. “No protocolo do Grupo Cairu os animais com 21 dias de trato saem da adaptação pesando em torno de 410 quilos e são abatidos entre 550 e 560 quilos”, complementa o coordenador geral de pecuária do Grupo Cairu, Francisco Gomes da Silva.

Terminação Intensiva a Pasto: facilidade de implantação e manejo

A TIP dá autonomia para que o pecuarista faça investimentos na fazenda de acordo com as suas possibilidades. “O produtor pode fazer TIP de apenas 10 animais ou 80 mil bois para o ano inteiro. Assim como ele pode aumentar e evoluir sua estrutura conforme a demanda”, salienta Bonin.

A TIP protocolo Connan é de fácil aplicação e com resultados iguais ou superiores ao confinamento tradicional, produzindo entre 5,4 a 6 arrobas por animal em 90 dias. “Com baixo investimento em infraestrutura, trata-se de uma tecnologia viável, de fácil adoção e democrática para qualquer propriedade seja ela grande, média ou pequena”, detalha o supervisor da Connan em Rondônia, Diego Andrade Lima.

Com manejo simples, a TIP utiliza apenas dois insumos sendo o milho adicionado ao Connan Nuclemix Termina-Fácil. A estratégia de terminação com tempo fixo amplia o índice de lotação global da propriedade, aumenta a taxa de desfrute e de abate da fazenda, disponibiliza maior área de pastagem para outras categorias, intensifica o ganho médio diário global e, com isso, adiciona receita líquida por hectare/ano na propriedade.

 “Um animal no protocolo TIP da Connan produz de 5,5 a 6 arrobas de carcaça por animal com lotação de seis a oito cabeças por hectare de pastagem, produzindo até 36@ por hectare em um período de 90 dias. Hoje trabalhamos no Grupo Cairu 2.100 animais em 40 alqueires, e temos uma produção superior a 30 arrobas por hectare”, destaca Lima.

Sobre a Connan

Com sede em Boituva (SP) e filiais em Campo Verde (MT) e São Gabriel D’Oeste (MS), a Connan – Geração de Resultados iniciou suas atividades em 2004 e tem como principais os engenheiros agrônomos Fernando Penteado Cardoso Filho e Eduardo Penteado Cardoso, membros da família fundadora da empresa MANAH, do famoso slogan “Com MANAH adubando dá”, criado pelo patriarca Dr. Fernando Penteado Cardoso. Os dois irmãos, e sócios, também são detentores da patente Nelore Lemgruber, desenvolvendo e expandindo a genética na Fazenda Mundo Novo.

Com mais de 150 representantes comerciais, a Connan é a única empresa nacional a produzir o próprio fosfato bicálcico, o que lhe confere grande diferencial competitivo e garantia de qualidade dos produtos.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com