Prova de reprodutores Hereford e Braford começa no Sul

PARTILHAR
Prova de reprodutores Hereford e Braford começa no Sul
Foto: Ana Virgínia Guterres

Prova de Avaliação a Campo 2021/2022 é realizada nos campos da Embrapa Pecuária Sul reúne 36 reprodutores Hereford e Braford de 16 criatórios diferentes

Iniciou em Bagé (RS) mais uma edição da Prova de Avaliação a Campo (PAC) das raças Hereford e Braford, uma parceria entre a Associação Brasileira de Hereford e Braford (ABHB) e o Polo de Excelência Genética para raças Taurinas (PoloGen), da Embrapa Pecuária Sul. Considerada a Fórmula 1 em ganho de peso dos animais, a Prova conta este ano com 36 reprodutores, sendo 15 da raça Hereford e 21 da raça Braford, oriundos de 16 criatórios, de 12 municípios do Rio Grande do Sul.

Na última terça-feira, dia 22 de junho, os exemplares passaram pela admissão, pesagem inicial e manejo sanitário. “Ficamos muito contentes com o início de mais uma PAC, essa importante prova realizada em parceria com a ABHB. Este ano tivemos um excelente número de animais inscritos, o que demonstra o grande interesse dos criadores nas provas”, destacou o coordenador da PAC pela Embrapa, Roberto Collares.

A prova avalia diferentes quesitos, como ganho de peso diário, ganho de peso total, morfologia, área de olho de lombo, gordura subcutânea, área escrotal entre outros. Já a Prova de Eficiência Alimentar (PEA) ocorre cerca de 45 dias após o término da PAC, quando os animais são deslocados para uma área controlada, com cochos automatizados, que controlam tanto a entrada e saída de cada animal, como o consumo por ele realizado. Este ano a prova terá o acompanhamento do inspetor técnico credenciado pela ABHB, José Antônio Correa Filho, que realizou a primeira visita nos campos da Embrapa na segunda-feira, dia 28 de junho.

Prova de reprodutores Hereford e Braford começa no Sul
Foto: Ana Virgínia Guterres

Conforme explica o Gerente de Operações e da Carne Hereford, Felipe Azambuja, a prova busca identificar animais geneticamente superiores para a produção de carne. “Além de ser uma excelente ferramenta para o melhoramento genético dos rebanhos, a PAC também é de grande importância para a pecuária de corte, pois a genética desses reprodutores superiores resultará em carne de alta qualidade”.

Outro ponto importante para os animais participantes das provas é a valorização em remates e nas centrais de coleta de sêmen. “Os animais avaliados tem um excelente reconhecimento do mercado e são mais valorizados. Ao longo dos anos vários exemplares foram contratados por centrais, o que ajuda a disseminar essa genética para um número maior de produtores”, destacou Azambuja.

Usuários do PampaPlus apostam nas provas

Um dos destaques da edição 2021/2022 da PAC é a grande adesão dos usuários do Programa de Avaliação Genética PampaPlus. Este ano a prova totalizou 31 reprodutores avaliados no programa. Conforme a Superintendente de Registros e Coordenadora do PampaPlus pela ABHB, Natacha Lüttjohann, os criadores estão apostando cada vez mais no melhoramento genético das raças. “A cada ano os produtores têm percebido a importância de ter em seus rebanhos animais melhoradores, e isso comprova-se na grande procura pelo programa PampaPlus e também nas provas de desempenho como a PAC e a PEA”

Para participar da prova os reprodutores são selecionados entre os Top 40% melhores da avaliação genética à desmame de um dos três programas de avaliação genética homologados pela ABHB: PampaPlus, Promebo ou Conexão Delta G.

Nesta edição participam da prova 16 criatórios gaúchos:

  • Fazenda Nossa Senhora Auxiliadora, de Bagé;
  • Fazenda São Bento do Verde, de São Sepé;
  • Estância São Francisco Xavier,
    • Guatambu e
    • Fazenda Santa Prenda, de Dom Pedrito;
  • Estância Santa Gertrudes e
    • São Bento, de Santana do Livramento;
  • Estância do Bolso, de São Gabriel;
  • Agropecuária Sereno Ltda, de Santa Maria;
  • Fazendas Irapuá, de Cachoeira do Sul;
  • Fazenda Santa Tereza, de Arambaré;
  • Cabanha Primavera, de São Pedro do Sul;
  • Fazenda Cerro Verde, de Rosário do Sul;
  • Fazenda São Pedro, de Muitos Capões;
  • Fazenda Cinamomos, de Unistalda; e
  • Agropecuária Dom Vitor, de Santa Vitória do Palmar.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com

PARTILHAR
Portal de conteúdo rural, nosso papel sempre será transmitir informação de credibilidade ao produtor rural.