Raças sintéticas ganham destaque na Pecuária em 2020

Raças sintéticas ganham destaque na Pecuária em 2020

PARTILHAR
Touro Braford Faraó da Bela Vista
Foto: Paulo Renato Pinheiro / Bezier Filmes

Valorização do Brangus, Braford e Ultrablack marcou os leilões na Temporada de Primavera; a liquidez também chamou a atenção nos leilões.

As expectativas para a Temporada de Primavera da pecuária gaúcha em 2020 foram superadas, principalmente em relação às raças sintéticas. Entre os destaques estão o volume de animais Brangus vendidos, a valorização das fêmeas da raça, assim como as médias dos touros Braford, independentemente de idade. A liquidez também chamou a atenção nos leilões.

Touro Braford Faraó da Bela Vista
Touro Braford Faraó da Bela Vista / Foto: Paulo Renato Pinheiro

A avaliação é do diretor da Trajano Silva Remates, Marcelo Silva. A leiloeira foi responsável pela batida do martelo nos leilões da GAP Genética, Top Devon, Espinilho e Soldera, Selo Racial, Santa Tereza, Bela Vista e Aurora. Silva também ressaltou o reconhecimento e valorização nesta temporada do Ultrablack, uma raça já com presença no mercado. “São fatos que não estavam presentes no ano passado, além dos números, em média, 15% superiores, tanto em machos como em fêmeas”, observou.

touro da raça brangus
Foto: zebufertil.com

Conforme o leiloeiro, a Temporada de Primavera da Pecuária Gaúcha em 2020 foi além do que se esperava em razão dos fatores apresentados no início do ano como a estiagem no Rio Grande do Sul e a pandemia causada pelo Coronavírus, que trouxeram apreensão inicial ao mercado. “Considerando todos os aspectos que fazem o conjunto da agropecuária brasileira, vemos um futuro bastante otimista para o setor”, salientou.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com

PARTILHAR
Portal de conteúdo rural, nosso papel sempre será transmitir informação de credibilidade ao produtor rural.