Rebanho é dizimado pelo fogo em Mato Grosso; vídeo

Rebanho é dizimado pelo fogo em Mato Grosso; vídeo

PARTILHAR
Foto: Reprodução / Vídeo

Vídeo gravado por proprietário mostra dezenas de animais queimados pelos incêndios que vem assolando o centro-oeste brasileiro; prejuízo milionário

Em chamas – O Fogo que tem destruído boa parte da vegetação do Pantanal e do Cerrado mato-grossense, tem causado também a morte de muitos animais. Além daqueles típicos dos biomas, há ainda aqueles que são de criação, como por exemplo, os bois.

Um vídeo gravado na zona rural da cidade de Confresa mostra o estrado causado por uma incêndio na área de pasto que se alastrou nas reservas da fazenda, segundo o próprio locutor – não identificado – ao menos dezenas de cabeças de gado morreram queimadas.

As queimadas em Mato Grosso já devastaram mais de 100 mil hectares do Pantanal e segue fazendo estragos. Na região Oeste, por exemplo, um dos pontos turísticos de Cáceres, a Dolina da Água Milagrosa, teve sua escadaria de 155 degraus atingida pelo fogo.

“O fogo está incontrolável. Os bombeiros de Confresa estiveram aqui, mas não conseguiram extinguir. Os moradores ajudaram, mas a situação está muito difícil”, comentou um funcionário.

Apesar de o incêndio estar controlado, tem muito material queimando como troncos de árvores e galhos, e, segundo os bombeiros, esses materiais devem emitir muita fumaça pelos próximos dias.

Os impactos da fumaça já estão sendo sentidos pela população. Muita gente está procurando as unidades de saúde relatando problemas respiratórios.

Fonte: Inpe

Pantanal tem mês de setembro com mais focos de incêndio na história

Recorde para o mês desde início de série histórica do Inpe era de 2007, quando houve 5.498 focos de calor detectados; neste ano, já são 5.603 focos nos primeiros 16 dias de setembro. Antes de terminar, 2020 também já ultrapassou o recorde de queimadas anuais para o bioma, com uma alta de quase 26% em relação ao número anterior.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com

PARTILHAR
Portal de conteúdo rural, nosso papel sempre será transmitir informação de credibilidade ao produtor rural.