Recorde: Três jovens ordenham 3500 vacas em 28h

PARTILHAR

Conhecidas como “Rainhas dos Laticínios de Cheshire”, elas conseguiram bater o recorde ordenhando 3500 vacas em 28 horas; Confira o vídeo abaixo!

Um trio de jovens produtores de leite de Cheshire se propôs a ordenhar 3.400 vacas em 28 horas. Emma Windsor, Fiona Wilshaw e Kate Young estão trabalhando juntas para arrecadar dinheiro para uma instituição de caridade agrícola e destacar os desafios enfrentados pelo setor. Conhecidas coletivamente como Cheshire Dairy Queens, o trio precisou viajar entre seis fazendas ao redor de Nantwich para alcançar seu objetivo. Foi um recorde, três jovens ordenham 3500 vacas!

As jovens conseguiram alcançar o seu objetivo no último fim de semana, após uma longa maratona de 28 horas ordenhando as vacas. A ação teve como objetivo levantar dinheiro para a Farm Safety Fundation (também conhecida como Yellow Wellies), uma organização que atua na prevenção de acidentes e na promoção do bem-estar e da saúde mental das pessoas no setor agropecuário do país.

Outro objetivo do trio era destacar o trabalho feito no campo para abastecer a população mesmo com aumento de custos em todo o setor agrícola.

Kate, uma radiologista do NHS que ajuda na fazenda de sua família em Beeston , explicou: “Este desafio não vai apenas nos testar mentalmente, mas também fisicamente. na agricultura dia após dia. Muitas das pressões da agricultura são imprevisíveis. As horas são longas e insociáveis. Pode ser bastante solitário. É por isso que este desafio significa tanto para nós.”

O trio começou sua busca às 3 horas da manhã de sábado em Bidlea Dairy antes de seguir para Top Farm perto de Cholmondeston. Embora os jovens agricultoras não usem os métodos tradicionais, eles ainda precisam colocar individualmente as máquinas de ordenha a cada úbere, agrupar todos os animais e limpá-los.

Claudia Bayley, presidente da Cheshire Young Farmers, disse: “Obviamente, não é mais uma produtora sentada em um banco de ordenha, mas ainda há muito trabalho envolvido nisso, não apenas para garantir um produto de alta qualidade, mas também para garantir que o o bem-estar animal dessas vacas esteja em posição de destaque.

Mudanças e atitudes que faltam no país
Atitudes como essas são louváveis e devem servir de entusiasmo para os jovens no meio agropecuário do nosso país. Infelizmente, poucos são aqueles que se dedicam a sucessão familiar e, ainda mais longe, que buscam intervir na busca por políticas de reconhecimento do setor. 

Vídeo traz, de forma rápida, a jornada das jovens

Três jovens ordenham 3500 vacas. Vídeo: cheshiredairyqueenteam

Recorde com sentido solidário

As jovens pecuaristas estão arrecadando dinheiro para a Farm Safety Foundation , também conhecida como Yellow Wellies, que previne acidentes e promove a boa saúde mental na agricultura. Parte do dinheiro será destinado a sessões com jovens agricultores em centros de educação agrícola em todo o país.

Eles também querem aumentar a conscientização sobre os desafios enfrentados pelo setor. Fiona, da Altrincham, disse: “Gostaria apenas de destacar o trabalho duro dos agricultores britânicos. Só queremos um pouco mais de apreciação pelo esforço que é investido em nossa comida.”

Ela explicou que o aumento dos custos de produção significa que os lucros do aumento dos preços dos alimentos não estão sendo repassados ​​aos agricultores e teme que os compradores estejam se tornando complacentes. “Nós nos tornamos bastante distantes de onde nossos alimentos vêm. Tornou-se mais acessível nos supermercados, então prestar mais atenção à rotulagem dos alimentos é muito importante.”

Três jovens ordenham 3500
Três jovens ordenham 3500 vacas
Três jovens ordenham 3500 vacas
Três jovens ordenham 3500 vacas

Este não é o seu primeiro evento de angariação de fundos.

Eles já posaram para um calendário em prol da caridade em que quase desnudaram tudo. Emma, ​​de Nantwich, disse: “Todos os Cheshire Young Farmers se reuniram. Foi muito divertido, todos se juntaram e foi ótimo participar. Arrecadamos cerca de £ 4.000 fazendo esse calendário, o que é incrível para nós realmente.”

O trio espera chegar a £ 10.000 até o final de seu ano de arrecadação de fundos.

Uma imagem do calendário do Cheshire Dairy Queens

Mercado de leite na Inglaterra tem custos elevados

A pressão sobre o setor é uma das razões para a redução contínua do rebanho leiteiro da Grã-Bretanha, que, de acordo com o Agriculture Horticulture Development Board, totalizava 1,67 milhão de cabeças em 1º de outubro. Segundo Katherine Jack, analista de laticínios da AHDB, o rebanho leiteiro teve uma diminuição de 1,7% (29.000 cabeças) em comparação a outubro de 2020, marcando um contínuo declínio de longo prazo do rebanho nacional.

Embora o número de animais jovens tenha aumentado, a analista disse que há muitos outros fatores que podem manter o status quo do declínio no longo prazo. “As margens são particularmente importantes no momento, com os preços mais altos [pagos pelo leite] tendo que competir com custos [de produção] crescentes. Se a economia não favorecer a expansão dos rebanhos, os produtores provavelmente abaterão os animais mais velhos para abrir espaço para novos.”

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com