Rei da Soja planta mais de 660.000 hectares, vídeo!

PARTILHAR
Foto: SLC Agrícola

O plantio da companhia deverá passar de 470 mil hectares em 2020/21 para 660 mil hectares na temporada atual. Esse avanço traz grande impacto na produtividade.

O Brasil responde hoje por 50% do comércio mundial de soja. De 2000 a 2020, o País foi o segundo maior produtor e exportador de soja. Foi a partir do ano passado, que alcançou o primeiro lugar, com 126 milhões de toneladas produzidas e 84 milhões exportadas. Dentro dos maiores produtores do Brasil, a SLC Agrícola, considerada o Rei da Soja, ela vai plantar mais de 660.000 hectares nesta safra!

O Brasil, de modo geral, tem como o período preferencial para a semeadura da soja de meados de outubro e 10 de dezembro. Diversos agricultores já iniciaram o plantio da safra 21/22, com expectativa de melhores produtividades o cenário será desafiador, a considerar as condições climáticas que afetam as regiões produtoras.

As propriedades da SLC Agrícola foram avaliadas em R$ 6,9 bilhões pela consultoria independente Deloitte Touche Tohmatsu, salto de 75% em relação aos R$ 3,9 bilhões do ano passado. A incorporação da Terra Santa Agropecuária, trouxe um crescimento para a SLC Agrícola, acordo que fez com que ela se tornasse a Gigante do Agro com o maior volume de terra agricultável.

Dessa forma, o ciclo de 2021/22 será o primeiro da SLC com a incorporação da Terra Santa. O plantio da companhia deverá passar de 470 mil hectares em 2020/21 para 660 mil hectares na temporada atual. Esse avanço traz grande impacto na produtividade da empresa que, agora, ultrapassa a Bom Futuro!

“Está sendo um ano especial para a SLC Agrícola, pois atingimos crescimento com as aquisições de novas propriedades. Nosso plantio será de 660 mil hectares na safra 2021/22”, comenta.

Pavinato, CEO da SLC Agrícola

Considerando o potencial inicial de plantio da Terra Santa de 145 mil hectares e o contrato de arrendamento com a Agrícola Xingú, que adiciona um potencial de 43 mil hectares, temos estimativa de plantio para a safra 2021/22 de aproximadamente 660 mil hectares, ou seja, um crescimento de 40% em relação à safra 2020/21.

Com os atuais números, espera-se que a SLC Agrícola se firme, mais uma vez, como uma das maiores produtoras. Lembrando que o posto de maior produtor de soja do país pertencia ao Grupo Bom Futuro, com uma área de 530 mil hectares. A soja, principal cultura cultivada nas unidades da Bom Futuro, com uma média de 280 mil hectares, totalizando uma produção aproximada de 1,3 milhão de toneladas por safra.

Recorde de produtividade na soja pelo quarto ano consecutivo

Na safra 2020/21, a SLC Agrícola colheu 3.970 quilos por hectare, com 5,7% acima do previsto. O resultado bruto da soja no faturamento da empresa no segundo trimestre foi de R$ 385,6 milhões, crescimento de 176,6%. O lucro líquido da empresa no segundo trimestre foi de R$ 447,2 milhões, alta de 128,1%, na comparação com o mesmo período do ano passado.

Com Matriz em Porto Alegre (RS), a Empresa possui 16 Unidades de Produção estrategicamente localizadas em 6 estados brasileiros que totalizaram 448.568 hectares no ano-safra 2019/20.

As fazendas estão localizadas nos estados do Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás, Bahia, Pernambuco e Maranhão.

Imagens do Novo Rei da Soja:

Parque de Máquinas da SLC Agrícola

  • 212 tratores
  • 206 colheitadeiras de grãos
  • 85 colheitadeiras de algodão
  • 209 plantadeiras
  • 161 pulverizadores autopropelidos

Desempenho operacional – Safra 2020/21

Soja

Atingimos pelo 3º ano consecutivo novo recorde de produtividade, o que está em linha com a estratégia atual da Companhia de foco em maximizar a eficiência da operação. Essa produtividade foi 8,1% superior ao projeto inicial e 15,4% superior à média nacional (estimativa fevereiro/2021- CONAB).

Milho

A produtividade do milho segunda safra foi 3,0% superior à safra 2018/19 e 0,7% inferior ao projeto inicial, com uma produtividade de 7.333 kg/ha. Em relação à média nacional a produtividade atingida ficou 34,4% superior. (estimativa fevereiro/2021-CONAB).

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com