Roubo: Pecuarista tem prejuízo de R$ 500.000,00

Roubo: Pecuarista tem prejuízo de R$ 500.000,00

PARTILHAR
Gados estão marcados com simbolo da propriedade(Divulgação)

Polícia e pecuarista pedem ajuda para obter informações; O pecuarista teve prejuízo de meio milhão com furto de 150 cabeças de gado. Confira!

Um homem de 40 anos teve parte do gado furtado de sua propriedade, na BR-262 nessa terça-feira (17) em Ribas do Rio Pardo, a 103 km de Campo Grande. O prejuízo estimado é de R$ 500 mil.

Acompanhamos o aumento da criminalidade no meio rural. Embora a criminalidade nas cidades monopolize a atenção da mídia e da sociedade, o crime – em especial o furto e o roubo à mão armada – vem crescendo nas propriedades rurais nos últimos anos, mantendo em risco constante os bens e a segurança pessoal dos produtores e de suas famílias.

À polícia o fazendeiro disse que visualizou pegadas de seu gado do lado de fora da propriedade. Ao verificar encontrou vários animais soltos fora do cercado da fazenda.

Ele então mandou fazer a recontagem onde foi constatado a falta de 150 cabeças de gado, cerca de R$ 500 mil. As cercas estão intactas, o que leva à suspeita de que os animais foram retirados pela porteira, que apesar de estar com cadeado pode ser desencaixado nas dobradiças.

A vítima ainda afirmou que a última contagem foi feita no último dia 13 de novembro. O caso foi registrado com furto.

AJUDA É SEMPRE BEM VINDA

No instagram, o perfil @novilhoprecocems, informa os detalhes pra envio das informações:

❌ Atenção associados, colaboradores e aqueles que acompanham nosso trabalho, nosso associado Carlos Eduardo Andriguetto, da Fazenda CRA, em Ribas do Rio Pardo teve 150 novilhas FURTADAS de 15 a 20 meses ❌

👉🏼 Os animais foram levados no dia 17/11/2020 e caso alguém tenha visto ou recebido oferta destes animais, por gentileza, entrar em contato pelo 📲 67 9967-9767 (Kadu)

👉🏼 Compartilhem, divulguem

Funcionário de cantor sertanejo é investigado por furto de gado

A Polícia Civil de Ribas do Rio Pardo, a 97 quilômetros de Campo Grande, investiga o funcionário de um cantor sertanejo por suspeita de furto. Uma fazendeira de 44 anos acabou na delegacia da cidade por ter receptado os animais. Foram recuperados três vacas e um bezerro. A Polícia Civil não divulgou o nome do cantor. 

Conforme nota, no início deste mês, o gerente de uma fazenda localizada na estrada da usina do Mimoso deu falta das reses e acionou a polícia. Denúncias apontavam que o responsável pelo crime seria o gerente da fazenda do sertanejo e que ele estaria vendendo o gado a outros pecuaristas da região.

A equipe foi até uma fazenda onde estavam os animais furtados e encontraram as vacas e o bezerro, ainda com brincos e marcas da fazenda de origem. A fazendeira responsável pelo local chegou a apresentar uma nota de suposta negociação, mas as informações eram incompatíveis, motivo pelo qual foi autuada por receptação culposa.

Com informações do Campo Grande News

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com