Sistema de nutrição para bezerras leiteiras vence Ideas for Milk 2017

Sistema de nutrição para bezerras leiteiras vence Ideas for Milk 2017

PARTILHAR
systech_feeder
Foto: Divulgação / Embrapa

Sistema de nutrição para bezerras leiteiras vence concurso, segundo lugar ficou com coleira de coleta de dados seguido por ordenhadeira móvel.

Aconteceu neste último sábado (09) em Juiz de Fora a premiação do Ideas For Milk, evento idealizado para promover startups focadas em pecuária leiteira, na final foram selecionadas as 10 melhores que se apresentaram para uma banca de 112 jurados. Prêmio promovido pela Embrapa Gado de Leite junto com vários parceiros e patrocinadores.

A grande vencedora foi uma startup que já tinha vencido a etapa mineira do projeto, o Systech Feeder, é um sistema de nutrição em tempo real para bezerras leiteiras. Seu propósito é definir o momento do desaleitamento, otimizar tempo e mão de obra, promover ganho em desempenho e reduzir custo alimentar.

systech-feeder ganhando
Foto: Maria Thereza Rezende / Reprodução Facebook

Sobreo o Systech Feeder

Sistema integrado hardware/software que monitora em tempo real o consumo de concentrado de bezerras. Seu propósito é definir o momento do desaleitamento, otimizar tempo e mão de obra, promover ganho em desempenho e reduzir o custo alimentar com gerenciamento eficiente via dispositivos fixos e móveis.

A ideia de desenvolver o sistema veio do professor Nilson Morais Júnior, que observou a falta de tecnologias para facilitar o fornecimento de ração, desaleitamento e monitoramento da nutrição de bezerras leiteiras. “O Systech Feeder atende a um amplo espectro de fazendas que utilizam casinhas tropicais, sistema argentino e bezerreiros individuais”, diz.

Segundo Lucas Reichelm, o desenvolvimento de sistema de controle alimentar tem como bases tecnológicas o dispositivo de fornecimento de concentrado, o sensor propriamente dito e a tecnologia de transmissão de informações, que é o software de gerenciamento. Seu papel é gerar e armazenar dados de consumo diário das bezerras, podendo alertar para qualquer aumento ou redução bruscos, momento do desaleitamento e necessidade de reposição de concentrado. A proposta foi desenvolvida pela equipe Salvati & Morais.

Segundo lugar: Smartfarm

O segundo lugar ficou para a startup Smartfarm que nada mais é do que uma coleira que monitora tempo de ruminação, atividade e ócio de cada animal, analisando variações comportamentais. Emite alertas ao produtor, via software e app, de ocorrências relacioandas a bem-estar, saúde, cio e nutrição. Traduzimos a vaca, conectamo-la à Internet e, por fim, conseguimos conversar com ela.

mobimilk-apresentacao-ideas-for-milk-2017
Foto: Divulgação

Terceiro lugar: Mobimilk

Projeto que já falamos aqui no site coincidentemente, é uma ordenhadeira móvel que traz ao mercado um inovador conceito construtivo para a sala de ordenha e sala de leite. O projeto é do Engenheiro Agrícola Andrew Jones da AJAGRO.  Inovador conceito construtivo da sala de ordenha e sala de leite, em módulo tipo container, que chega pronto na propriedade, dispensando obras civis. Possui aparelho eletrônico portátil que monitora a contagem de células somáticas (CCS) e a temperatura do animal, emitindo alertas.

Alguns outros projetos tiveram menção honrosa pela sua importância e inovação, foram os casos das startups:

Sobre o Ideas for Milk 2017

Mais de 80 propostas foram inscritas nesta edição do Ideas for Milk – Desafio de Startups, reunindo empreendedores das cinco regiões do país. As propostas revelaram um grande amadurecimento do cenário AgTech voltado ao agronegócio do leite. Isto demonstra o quão dinâmico e crescente é este setor.

Uma comissão formada por 112 profissionais especializados em leite, modelos de negócio inovadores e TI avaliou as propostas.

Surpreendida com a qualidade das propostas, a comissão avaliadora do Ideas for Milk decidiu classificar não cinco, mas 10 propostas para a final presencial.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com

PARTILHAR
Portal de conteúdo rural, nosso papel sempre será transmitir informação de credibilidade ao produtor rural.