Soja: com Chicago e dólar, preço no Brasil sobe até R$ 4

Soja: com Chicago e dólar, preço no Brasil sobe até R$ 4

PARTILHAR
Foto: Bom Futuro Agropecuária

Além disso, de acordo com a consultoria Safras, a combinação de falta de produto com demanda intensa também garantiu a elevação. Confira os preços!

Os preços da soja dispararam nesta sexta-feira, 31, nas principais praças do país, segundo a consultoria Safras & Mercado. “Uma conjunção de fatores sustentou os referenciais. Dólar subiu, Chicago se valorizou e os prêmios seguem firmes. Além disso, a combinação de falta de produto com demanda intensa garantiu a elevação”, informa. Apesar disso, os negócios seguiram escassos e pontuais.

Em Passo Fundo (RS), a saca de 60 quilos subiu de R$ 117,50 para R$ 119. Na região das Missões, a cotação avançou de R$ 117 para R$ 118. No porto de Rio Grande, o preço passou de R$ 119 para R$ 122.

Em Cascavel (PR), o preço aumentou de R$ 112 para R$ 113,50 a saca. No porto de Paranaguá (PR), a saca avançou de R$ 118 para R$ 120.

Em Rondonópolis (MT), a saca saltou de R$ 111 para R$ 115. Em Dourados (MS), a cotação subiu de R$ 113 para R$ 114. Em Rio Verde (GO), a saca avançou de R$ 109 para R$ 110.

Chicago

A soja fechou esta sexta-feira com preços mais altos na Bolsa de Chicago. Na semana, no entanto, a posição novembro caiu 0,75%. No balanço do mês, o contrato teve valorização de 1,15%.

“Apesar dos resultados ruins de desempenho da economia mundial, os sinais de demanda aquecida pela soja americana voltaram a dar sustentação aos preços. O mercado ainda assimila o excelente resultado das exportações semanais, divulgado ontem”, informa.

Os contratos da soja em grão com entrega em setembro fecharam com alta de 3,50 centavos ou 0,39% em relação ao fechamento anterior, a US$ 8,90 por bushel. A posição novembro teve cotação de US$ 8,92 por bushel, com ganho de 4,25 centavos ou 0,47%.

Nos subprodutos, a posição dezembro do farelo fechou com baixa de US$ 0,70 ou 0,23%, a US$ 297,30 por tonelada. No óleo, os contratos com vencimento em dezembro fecharam a 30,76 centavos de dólar, alta de 0,60 centavo ou 1,98% na comparação com o fechamento anterior.

Fonte: Agência Safras

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com

PARTILHAR
Portal de conteúdo rural, nosso papel sempre será transmitir informação de credibilidade ao produtor rural.