Soja: Valores seguem de forma regionalizada, veja!

Soja: Valores seguem de forma regionalizada, veja!

PARTILHAR
Foto: Embrapa

A demanda localizada da indústria, em meio a um cenário de escassez de produto, sustenta os preços, que teve referências distintos nesta quinta.

Os preços da soja tiveram comportamento regionalizado nesta quinta-feira, 5, mas predominando patamares mais firmes. A demanda localizada da indústria, em meio a um cenário de escassez de produto, sustenta os preços.

A movimentação esteve travada, com os produtores focados no plantio da safra, que mostra bom avanço, mas se recente de chuvas em algumas regiões. Os referenciais tiveram desempenhos opostos: Chicago subiu e superou a casa de US$ 11. Já o dólar caiu, retornando ao patamar de R$ 5,50.

Em Passo Fundo (RS), a saca de soja de 60 quilos subiu de R$ 173,50 para R$ 175. Na região das Missões, a cotação avançou de R$ 173,50 para R$ 174,50. No porto de Rio Grande, o preço aumentou de R$ 169 para R$ 172.

Em Cascavel, no Paraná, o preço permaneceu em R$ 175 a saca. No porto de Paranaguá (PR), a saca seguiu em R$ 156.

Em Rondonópolis (MT), a saca avançou de R$ 178 para R$ 180. Em Dourados (MS), a cotação pulou de R$ 173 para R$ 179. Em Rio Verde (GO), a saca recuou de R$ 186 para R$ 183.

Câmbio

O dólar comercial encerrou a sessão com baixa de 1,96%, sendo negociado a R$ 5,5460 para venda e a R$ 5,5440 para compra. Durante o dia, a moeda norte-americana oscilou entre a mínima de R$ 5,5350 e a máxima de R$ 5,6310.

Fonte: Agência Safras

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com