Suplementação luminosa em lavouras avança no Brasil

Suplementação luminosa em lavouras avança no Brasil

PARTILHAR
Foto: Reprodução

São 14 culturas em campo neste momento. O objetivo é estudar o comportamento em diferentes condições de iluminação artificial

As pesquisam estão caminhando para a validação de um amplo espectro de culturas. O destaque da pesquisa é a produção de alho, alta produtividade com alta qualidade para um produto com ótimo valor agregado no mercado agrícola.

As experimentações englobam todas as variáveis necessárias para compor os melhores resultados, em busca dos momento ideais de suplementação luminosa e melhores práticas no manejo da adubação.

Compreender os períodos e as intensidades luminosas é de extrema importância para validarmos com precisão os fatores de sucesso dessa tecnologia. O grande foco do aperfeiçoamento é o manejo ideal para cada cultura. Diferentes adubos organominerais e foliares estão em campo para compor a performance.

Vamos validar a maior gleba de cultivos e consolidar os resultados expressivos que obtivemos na soja, no milho e no feijão com a suplementação luminosa

A tecnologia IRRILUCE não tem contraindicações, uma vez que todas as plantas demandam iluminação para realizar seus processos metabólicos. No entanto, compreendemos que cada uma delas exige momentos e quantidades diferentes de luz. Outra variável em teste é a qualidade das luminárias. Testes de montagem, colorações, disposição e materiais que resistam ao cultivo aberto estão sendo considerados. Detemos uma tecnologia multidisciplinar, inovadora, que abrirá novos mercados no mundo agrícola.

A PESQUISA AVANÇA

Devido aos excelentes resultados observados no verão 2019/2020, as pesquisas ganharam continuidade e melhorias para o inverno. Os estudos estão sendo aplicados para cana, algodão, trigo, milho, sorgo, soja, feijão, girassol, tabaco, tomate, batata, alho, cebola e pimenta. Nesta fase, as pesquisas são realizadas com alto nível de detalhamento técnico, por meio de parcerias consolidadas com universidades e instituições de pesquisas públicas e privadas. Os resultados verificados já são promissores, visto que o desenvolvimento a campo já foi iniciado.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com

PARTILHAR
Portal de conteúdo rural, nosso papel sempre será transmitir informação de credibilidade ao produtor rural.