Temporal com mais de 200mm liga alerta, veja!

PARTILHAR
Foto Divulgação.

Segundo as informações a chuva volta a ganhar força nas áreas abaixo e a meteorologia ressalta que os acumulados podem passar 200 mm. Confira!

A primavera será marcada pela retomada das chuvas e, de acordo com a meteorologista da Climatempo Daniela Freitas, elas cairão de forma mais volumosa à medida que a estação avançar. Segundo os dados divulgados, novembro pode vir com volume de chuva acima dos 200 mm no Centro-Oeste, principalmente no DF e Goiás. De acordo com a previsão do tempo, a chuva perde força no Centro-Oeste e Matopiba, mas volta com mais força a partir do próximo mês.

As chuvas vão se regularizando, principalmente, como o observado na segunda quinzena de outubro. A tendência é que as chuvas fiquem acima da média, especialmente nos meses de outubro e novembro, em boa parte do país, mas lá para dezembro, já caminhando para perto do verão, a gente deve ter uma irregularidade desta chuva, principalmente em áreas do centro-sul do país.

A configuração de ventos vai favorecer a formação de muitas instabilidades sobre a região de Matopiba e em Goiás, trazendo um volume de chuva acumulado na casa de mais de 200 mm para a região, o que pode favorecer o bom desenvolvimento das lavouras que já estão plantadas.

Além disso, a região passa por uma carência hídrica, principalmente para o desenvolvimento dos pastos e o apoio a recuperação das bacias hidrográficas, reduzindo assim, a crise hídrica que assola todo o país.

Em novembro, a temperatura média na região Central do país é de 25°C (a temperatura máxima é de 27°C e a temperatura mínima é de 22°C). Segundo os dados oficiais, a previsão é de que a precipitação acumulada atinja o patamar de 215mm ao longo de 25 dias.

Estes gráficos permitem ver a evolução das temperaturas mínimas/máximas médias, bem como o volume de precipitação médio dia após dia em Brasília em novembro.

Perspectivas

O Sul do Brasil segue com tempo firme. Para os próximos cinco dias, a chuva mais forte deve acontecer apenas no norte do Paraná. Diante desse cenário, a previsão do tempo destaca que a tendência é para redução na umidade do solo no Sul, que neste momento está encharcado.

Por outro lado, o volume das precipitações aumenta no Sudeste, principalmente em áreas de São Paulo, sul de Minas e ainda em localidades do Centro-Oeste. Para o Matopiba, é esperado uma redução no volume de chuvas, assim como para o norte de Minas Gerais até o final de outubro.

A partir de novembro esse cenário deve mudar e a chuva volta a ganhar força nas área. A meteorologia ressalta que os acumulados podem passar de 150mm, no Norte de Goiás e em regiões do Mato Grosso, Tocantins e Bahia, região que é conhecida como grande produtora de grãos.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com