Vitória: Taxa de frio será extinta no Rio Grande do Sul

PARTILHAR
Fazenda Esperança - Pecuária Agro Genética Braford

Acordo extinguirá taxa de frio no Rio Grande do Sul; Farsul, Sicadergs e Febrac negociaram o fim da cobrança. Parabéns a inciativa e vitória!

Em Assembleia Geral Extraordinária, realizada por videoconferência na noite de quinta-feira (19/3), os Sindicatos Rurais autorizaram a Farsul a firmar acordo, juntamente com a Febrac, com o Sicadergs pela extinção da comercialização da carcaça de peso frio no Rio Grande do Sul. A data limite para que não seja mais aplicada a taxa de frio é 8 de março de 2022.

A partir de 1 de agosto de 2021, os frigoríficos iniciarão o processo de transição com a implantação de uma nova modalidade, a compra de carcaça por peso quente. A assinatura do documento oficializando o acordo deve acontecer nos próximos dias.

Na quinta-feira (18/3), pecuaristas e a indústria frigorífica gaúcha entraram em acordo para extinguir de vez a “taxa do frio”. Cobrada pela indústria mediante a venda de bovinos para o abate no Estado, o desconto subtrai anualmente cerca de R$ 120 milhões dos ganhos dos pecuaristas gaúchos. 

O prazo estipulado para o fim da cobrança é de um ano. No dia 8 de março de 2022, o desconto deixa de existir. Nos próximos dias, a Federação da Agricultura do Rio Grande do Sul (Farsul) e o Sindicato da Indústria de Carnes e Derivados no Estado do Rio Grande do Sul (Sicadergs) devem celebrar oficialmente o acordo.

Há mais de quarenta anos os pecuaristas gaúchos convivem com um desconto de 2% nas vendas aos frigoríficos do Rio Grande do Sul. A Farsul vinha tratando do assunto com o Sicadergs de forma mais intensa nos últimos três anos e, em dezembro, foi autorizada pelos Sindicatos Rurais a buscar a judicialização do tema.

A partir disso, as assessorias jurídicas começaram a negociar para evitar todo o trâmite de um eventual processo. O presidente do Sistema Farsul, Gedeão Pereira, destaca a disposição da Farsul em negociar.

“Construímos esse acordo, embora tivéssemos a autorização de uma possível judicialização, como um caminho através do diálogo com a indústria frigorífica”, destaca.

Em complemento ele informa que, “ele foi ratificado ontem pelos Sindicatos Rurais que são quem manda na Farsul. Portanto, a partir de 8 de março de 2022 acabou o desconto de carne fria no Rio Grande do Sul. Parabéns produtor rural, o acordo está feito, contentando a todos os lados”, comemora.

O desconto

A história desse desconto remete à época das cooperativas que atuavam fortemente no abate de animais no Estado. Segundo Sagrilo, naquele momento até fazia sentido o desconto, porque a taxa acabava beneficiando os próprios produtores. Atualmente, a realidade é outra, pois a maioria dos frigoríficos está nas mãos da iniciativa privada.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com