CLASSIFICADOS
Página Inicial » Notícias » 1,5mil por mês, roubos de gado ameaçam atividade agropecuária no extremo norte do país
Curso de gestão de pastagens, planejamento e manejo da teoria à prática, aprenda o método PDCA
furto de gado

1,5mil por mês, roubos de gado ameaçam atividade agropecuária no extremo norte do país

A estimativa é de 1.500 roubos por mês somente na região do Rio Araguari. Roubos estão desmotivando trabalhadores rurais.

Roubo e furto de gado não são mais novidade no Amapá, faz algum tempo que acompanhamos as operações de combate a esse crime no estado, a última “descoberta” é de que criadores estão atuando nessa cadeia criminosa.

Os criminosos invadem as propriedades, roubam a criação, fazem o Contra-ferro nos animais (modificação da identificação feita pelos proprietários), transportam o animal ou a sua carne e a colocam para venda.

Há indícios de que grande parte dessa carne roubada vem para Macapá e é vendida sem inspeção ou qualquer tipo de verificação de sua procedência.

Segundo representantes da Asossiação de Criadores do Amapá (Acriap), animais estão sendo abatidos sem o GTA (Guia de Transporte de Animal), documento emitido para o transporte de animais fora da propriedade de seu dono. Sem esse documento, o animal não pode ser levado ao matadouro.

Para combater esses crimes, associações estão trabalhando em conjunto com a Polícia Militar, Polícia Técnico-Científica e Delegacia de Polícia do Interior (DPI). Essa parceria resultou na prisão de 4 suspeitos e de 60 animais que estavam sobre sua posse.

Segundo a Acriap, a estimativa é de que 1.500 roubos por mês são feitos somente na região do Rio Araguari. Roubos de gado também estão sendo registrados na região de Rio Preto, Mazagão, Pracuúba, Amapá, Itaubal, Calçoene, entre outros.

“O prejuízo é enorme,não só para o pecuarista como para toda sociedade. Quando você traz para a mesa do cidadão, uma carne sem inspeção, você não sabe o que está sendo consumido ”, disse Jesus Pontes, Presidente da Acriap

Com essa insegurança, proprietários estão com receio de investir no ramo. Alguns já estão desistindo da área por causa dos delitos, eles não investem em novas propriedades, em novos rebanhos ou na melhoria do gado.

Pecuária

A pecuária brasileira é considerada uma das mais produtivas no mundo, além disso, o Brasil é um dos maiores exportadores de carne bovina do mundo e se destaca também na criação de aves.

No Amapá, a pecuária está entre as principais e mais importantes atividades econômicas, pois as características de suas regiões contribui para isso. Os produtos derivados dessa atividade alimentam os municípios amapaenses e estados vizinhos.

Fonte jdia.com.br

Deixar um comentário

O seu e-mail não será publicadoEstes campos são obrigatórios *

*

x

Checar também

carcacas de carne

China importa volume recorde de carnes e deve manter ritmo em 2017

A importação de carnes pela China está alcançando níveis recordes devido a problemas internos de ...

touros

Déficit de touros dificulta produtividade na pecuária

Atualmente a demanda nacional de touros é de 300 cabeças por ano. Carregamos a meta ...