Abigeato atinge média de um por semana em município

Abigeato atinge média de um por semana em município

PARTILHAR
abigeato
Combate ao tipo de crime em Cachoeira do Sul busca reduzir incidência / Foto: Arquivo/PC

Em Cachoeira do Sul, no Rio Grande do Sul, um levantamento registrou mais de 380 casos desde 2012 até hoje, uma média de um por semana.

Desde que a secretaria estadual da Segurança Pública passou a destacar os casos de abigeato no Rio Grande do Sul nos índices criminais (2012), Cachoeira do Sul registra 380 ocorrências do tipo de crime. O levantamento feito pela reportagem de OCorreio Digital revela média de 4,47 ataques por mês no Município. Ou seja, ao menos um caso por semana.

As apurações ainda apontam para 53,85 incidências do tipo de crime em média por ano. “Alguns dos registros ocorreram até 3 ou 4 dias depois do fato. A pouca ou quase nenhuma fiscalização dos locais de comércio contribuem para a ocorrência de abigeato”, considera o comandante do 35º Batalhão da Polícia Militar de Cachoeira, Jaime Soligo.

Apesar do número de casos que chama atenção, a incidência é considerada baixa no Município e na própria região atendida pelo grupo (incluindo ainda Novo Cabrais, Cerro Branco e Paraíso do Sul).

As ações da Patrulha Comunitária do Interior abrangem 3,2 mil quilômetros de área. A orientação é evitar a aquisição de carne sem procedência.

Leia também:

Os dados de fevereiro de 2019 ainda não foram divulgados pela pasta estadual. Em janeiro, foram três casos em Cachoeira do Sul.

abigeato
Apreensão visa proteger consumidor, mas é preciso atenção contra compra de carne sem procedência / Foto: Arquivo/BM

Confira o número de ocorrências em Cachoeira:

2012 – 64 casos
2013 – 57 casos
2014 – 45 casos
2015 – 48 casos
2016 – 73 casos
2017 – 46 casos
2018 – 44 casos
2019 (janeiro) – 3 casos

Fonte: OCorreio Digital

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com