Arroba já passa de R$ 280 e traz grande otimismo, veja!

Arroba já passa de R$ 280 e traz grande otimismo, veja!

PARTILHAR
@alexandrabrazil

Expectativa de aumento do consumo externo e interno de carne bovina impulsiona as cotações dos contratos futuros, de acordo com análise da Scot Consultoria.

Os contratos futuros do boi gordo na B3 renovaram recordes nesta semana. O vencimento para novembro já chegou a superar R$ 280 por arroba, uma alta de cerca de 5% em relação à semana anterior. A oferta restrita no mercado físico tem pressionado cada vez mais a curva futura do boi.

A analista de mercado da Scot Consultoria Thayná Drugowick afirma que um dos motivos para esses patamares recordes é a oferta limitada de animais terminados. Segundo ela, a expectativa do mercado futuro é apoiada por uma projeção de aumento sazonal de consumo interno no final do ano em virtude das festas em dezembro. Dessa forma, a curva futura tem refletido a expectativa de preços firmes até a virada do ano.

Novembro também é um mês em que, tradicionalmente, a China aumenta as compras de carne bovina, de acordo com Drugowick, por conta da proximidade do Ano Novo chinês.

“E também pelo mercado interno, em função das festividades de fim de ano. O mercado acredita que esse cenário perdure nos próximos meses. Apoiado na oferta limitada e na dificuldade da indústria de originar matéria-prima”, analisa.

Na avaliação da Scot Consultoria, a tendência ainda é de preços firmes e mercado comprador. Apesar de ser difícil estabelecer um preço de referência, Thayná Drugowick diz que não é possível descartar preços de até R$ 300 pela arroba. No entanto, ela afirma que, após grandes altas, normalmente os preços tendem a ficar estabilizados.

Boi gordo: dificuldade de compra e alta nos preços

Segundo levantamento da Scot Consultoria, nas praças paulistas, a referência do boi gordo subiu R$3,00/@ na última quinta-feira (15/10) na comparação feita dia a dia e ficou em R$265,00/@, considerando o preço bruto e a prazo, R$264,50/@, com desconto do Senar e R$261,00/@ com desconto do Senar e Funrural.

No caso dos machos com menos de quatro dentes, as ofertas de compra ficaram em R$265,00/@, preço bruto e à vista. Vale ressaltar que negócios foram fechados com boiada comum nos mesmos patamares do boi China, a depender do volume e padrão do gado.

As cotação das fêmeas também subiram. Elevação de 1,2%. A vaca gorda ficou cotada em R$250,00/@ e a novilha gorda em R$256,00/@, preços brutos e a prazo.

Expectativas para o boi gordo e safra de grãos 2020/21

Cenário é de preços firmes para a arroba do boi gordo, mas quem tem boiadas para vender é bom acompanhar de perto o mercado. Com relação à soja e ao milho de verão (primeira safra), as expectativas iniciais apontam para aumento da área plantada nesta temporada (2020/21), em relação à safra passada.

Compre Rural com informações da Scot Consultoria e Canal Rural

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com