Aumenta oferta de carne e preços recuam

Aumenta oferta de carne e preços recuam

PARTILHAR
carcaça
Foto Divulgação.

O mercado encerrou a última semana com um aumento na oferta de carne; Disponibilidade de carcaça bovina aumenta no atacado e preços recuam em SP;

A sexta-feira encerrou com uma maior disponibilidade de mercadoria no mercado atacadista de carne bovina. Em contrapartida, enquanto o volume aumentou, a procura e a venda foram fracas, acarretando em mais um dia de ajustes negativos. A carcaça casada bovina encerrou a semana sendo negociada a R$ 19,35/kg, queda semana de 1,28%.

Na B3, o dia foi de reajustes positivos pontuais dos contratos com vencimentos mais próximos. O abril/21 subiu 0,28%, sendo negociado a R$ 312,00/@. Já o maio/21, avançou timidamente 0,28%, ficando cotado a R$ 306,70/@.

Milho

O cereal permanece refletindo a baixa disponibilidade, fazendo o indicador de negócios romper os R$ 98,00/sc em Campinas/SP. Na B3 o risco sobre a oferta de milho de segunda safra direciona as cotações, com maio/21 recuando para R$ 104,00/sc diante do ajuste de posição e o julho/21 avançando para R$ 102,04/sc.

A demanda pelo cereal e as previsões climáticas deram novo impulso para o vencimento em maio/21 na CBOT que avançou 1,15% encerrando o último pregão da semana em US$ 6,56/bu.

Soja

Com o suporte de Chicago a saca de soja negociada em Paranaguá/PR atingiu o valor recorde de R$ 181,20.

Em Chicago as cotações da oleaginosa avançaram no último pregão da semana com suporte do cenário climático nos EUA. O contrato para maio/21 avançou 0,46% no dia e fechou cotado em US$ 15,40/bu.

Fonte: Agrifatto

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com