Boi futuro perde prumo e fecha a R$ 255,85/@

Boi futuro perde prumo e fecha a R$ 255,85/@

PARTILHAR
Confinamento e Boitel VFL BRASIL. Foto: Marcella Pereira

Seguindo o mercado físico, os contratos na B3 estão em desvalorização contínua e os valores da arroba chegam a R$ 255 para dezembro/2020!

A desvalorização continuou a permear o mercado de boi gordo físico neste início de semana. O alongamento das escalas já é sentido em todo o país, com o desinteresse dos frigoríficos em realizarem novas compras e diminuindo assim o valor ofertado pelo boi gordo. Em São Paulo, o preço balcão já circunda os R$ 265,00/@. Na B3, o dia foi de queda também, o contrato para dezembro/20 encerrou a segunda-feira com queda de 1,41%, cotado a R$ 255,85/@.

Finalizada as compras para o abastecimento do ano novo chinês, os embarques de carne bovina reduziram fortemente na primeira semana de dezembro/20.

A média diária obtida na primeira semana do mês ficou em 5,47 mil toneladas, 35% a menos do que foi em novembro/20, quando o recorde (volume médio diário exportado) de embarques foi atingido.

O desempenho fraco no volume exportado não resultou em queda dos preços negociados, isso por que o preço médio da tonelada de proteína bovina exportada ficou em US$ 4,43 mil/t, 0,70% acima do que fora no mês de novembro/20.

Viés de baixa continua, aponta Scot Consultoria

As indústrias paulistas estiveram avaliando o cenário na manhã da última segunda-feira (7/12) e algumas optaram por estar fora das compras. A tendência é de baixa, contudo, a cotação da arroba do boi gordo ficou estável na comparação diária, em R$270,00/@, preço bruto e à vista, segundo levantamento da Scot Consultoria. 

As cotações da vaca e da novilha gordas também ficaram estáveis, em R$255,00/@ e R$266,00/@, preço bruto e à vista, respectivamente. 

Em São Paulo, os negócios com bovinos com até quatro dentes, para a exportação, estão em torno de R$270,00/@, acompanhando a queda de preços do mercado interno. 

Na região de Redenção, no Pará, as ofertas de compra foram abertas oferecendo menos pela arroba do boi. O preço caiu R$4,00/@ na comparação com a última sexta-feira (4/12), e se estabeleceu em R$263,00/@, bruto e à vista. A cotação da vaca e da novilha gordas caiu R$3,00/@, e estão apregoadas em R$260,00/@, para ambas, preços bruto e à vista. 

No Acre, os preços da vaca e da novilhas gordas caiu R$5,00/@ na comparação diária, e ficaram cotadas em R$233,00/@, bruto e à vista, R$232,50/@ livre de Senar e R$229,50/@ livre de Senar e Funrural.

Com informações da Agrifatto e Scot Consultoria

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com