Boi gordo com preços positivos

Boi gordo com preços positivos

PARTILHAR
Importar gado vai resolver falta de boi gordo no Brasil?
Foto: Fazenda Uberaba

As exportações semanais de carne bovina dão fôlego para as cotações do boi gordo e o preço decola no mercado futuro, apontou a Agrifatto. Veja!

O mercado de boi gordo voltou a “ganhar” pressão de alta. Mesmo com o atacado interno sofrendo para repassar as altas do boi gordo para o consumidor final, a cotação do animal conseguiu ganhar fôlego para avançar na segunda-feira. Na B3, o vencimento mais negociado (maio/21) registrou alta de 1,75% e ficou cotado a R$ 296,20/@. O dólar rompendo os R$ 5,60 e a melhora no volume exportado das últimas semanas abriram espaço para novos avanços.

Com o maior embarque realizado para fora do país em uma semana desde o início do ano, a quarta semana de fevereiro/21 se encerrou com um total de 30,81 mil toneladas embarcadas. Com este volume, o volume embarcado em todo o mês atingiu 102,12 mil toneladas, 4,85% a menos que em janeiro/21 e 7,64% a menos que fevereiro/20. Apesar do desempenho fraco no acumulado mensal, a recuperação das últimas duas semanas do mês renovou as esperanças de uma aceleração nos embarques em março/21.

Milho

Com o fim da janela ideal de plantio para o milho 2ª safra na virada do mês nos estados do Centro-Sul, estimativas apontam que mais de 50% da área cultivada do cereal será plantada fora do período considerado ideal, com maior exposição ao risco. Essa indefinição fez com que as cotações do cereal na B3 iniciassem a semana em campos mistos com março/21 atingindo R$ 87,98/sc e maio R$ 88,71/sc, variações de -0,3% e 0,13%, respectivamente.

Na bolsa norte-americana as cotações iniciaram a semana em desvalorização, com incertezas sobre a demanda chinesa diante da detecção de novas variantes do vírus da Peste Suína Africana. Traders colocam safra sul-americana de milho no radar.

Soja

A soja encerrou o primeiro pregão da semana com desvalorizações, fechando abaixo dos US$ 14,00/bu em Chicago e trazendo os contratos de mar/21 para US$ 13,93/bu e maio/21 para US$ 13,91/bu, respectivamente. Esse movimento negativo reflete a melhora sobre as expectativas da safra brasileira e traders reposicionando seus contratos na bolsa em Chicago.

No mercado interno a cotação em Paranaguá/PR iniciou a semana com no patamar de R$ 167,00/sc. Hoje o IMEA atualizou a estima da safra de soja MT para 35,74 milhões de toneladas, aumento de 1% no volume de soja produzido sobre a safra 19/20

Fonte: Agrifatto

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com