Com mais de 500 mil cabeças confinadas, conheça a LFPEC

Com mais de 500 mil cabeças confinadas, conheça a LFPEC

PARTILHAR

A gigante da pecuária nacional, a LFPEC – Pecuária Profissional, atingiu a marca de 600 mil cabeças de gado confinadas; Confira no vídeo abaixo!

A pecuária nacional é grande, são mais de 214 milhões de bovinos espalhados por esse chão brasileiro. Dentro do setor temos algumas empresas que se destacam, alguns que somam grande volume de animais produzidos, atuando com sustentabilidade e parceria de sucesso. Nessa trajetória, conheça o gigante da pecuária Francisco Camacho, da LFPEC, que atingiu 600 mil cabeças confinadas!

LFPEC – Pecuária Profissional está entre as principais fornecedoras de proteína animal do Brasil. Mas ela não atua só no sistema de terminação. A empresa tem ciclo completo, atuando na cria, recria e engorda de bovinos. Confira abaixo o tamanho desta pecuária!

Fundada em 2000 pelo empresário Francisco Camacho, a LFPEC possui capacidade estática de 100 mil animais com operações no Mato Grosso, Bahia e São Paulo. Em 2020 atingimos a marca histórica de 500 mil animais abatidos.

Nós LFPEC estamos orgulhosos por seguir nossa tradição, valorizando as pessoas e o mercado que atuamos.

Operação Mato Grosso

A Fazenda Jaguar, localizada no município de Diamantino (MT), é a principal unidade de engorda da empresa. Com capacidade estática para 50.000 animais, sendo 30 mil confinados e 20 mil em semi-confinamento devidamente acomodados sob regras de bens estar homologadas internacionalmente constituindo se num dos principais confinamentos do Brasil.

Com sua localização estratégica tem acesso a todos os principais grupos frigoríficos do país e a grandes praças de compra de gado do estado e inserido numa região de grande produção de grãos e demais insumos necessários para excelência nutricional.

As suas certificações possibilitam atingir todos os mercados: interno e externo, incluindo Europa. Um ponto de destaque na produção da Jaguar é o reaproveitamento de dejetos, através do método de compostagem. Além de servir como adubo orgânico nas lavouras da empresa, o processo protege o meio ambiente.

Operação Bahia

Em 2010, buscando expandir seus negócios a empresa criou a LFPEC Bahia. Atualmente são duas fazendas arrendadas – Fazenda Rio do Meio e Fazenda São Simão, no município de Correntina e uma fazenda própria, a Fazenda Campo Grande em São Desidério, ambas operações são voltadas para ILP (Integração Lavoura Pecuária), mais especificamente, com produção e venda de fêmeas jovens (novilhas) para reprodução e abate, soja, sorgo e eucalipto.

As atividades de recria e engorda são executadas de forma profissional onde a taxa de lotação das fazendas é ajustada a cada três (3) meses de acordo com índice pluviométrico e condição das pastagens no ciclo. Buscando melhor resultado econômico numa região de enormes particularidades na produção.

Parte desses animais recriados são selecionados e destinados a reprodução – IATF, além de fazer parte do plano de negócio da empresa. A LFPEC também disponibiliza fêmeas prenhes para projetos de cria elevando a qualidade genética dos animais da região.

Operação São Paulo

Em 2016 nasceu a Operação SP da LFPEC. Atualmente temos uma parceria com CSAP – Minerva em Buritama e, em 2021 iniciamos nova parceria com a Fazenda Boa Esperança em Lins, em ambas as unidades fazemos engorda de machos e fêmeas no sistema de confinamento.

Nosso processo de engorda tem tido excelentes resultados zootécnicos e com uma operação extremamente concentra e enxuta. Nossa eficiência na operação SP tem nos surpreendido positivamente ano após ano.

Tradicionais pecuaristas e frigoríficos tem sido parceiros com volume expressivo de animais nas nossas duas operações paulistas.

Foto: LFPEC
Foto: LFPEC
Foto: LFPEC
Foto: LFPEC
Foto: LFPEC
Foto: LFPEC
Foto: LFPEC

Momento atual

O momento atual da pecuária, por outro lado, o caminho da balança talvez seja uma redução momentânea de suas operações. Essa é a estratégia do pecuarista mato-grossense Francisco Camacho, proprietário da LFPEC, que possui capacidade estática de 100 mil animais, pensando no custo de produção.

O ano passado foi excepcional para a empresa, que atingiu a marca histórica de 500 mil animais abatidos. Este ano, porém, a tendência é reduzir o abate em 10%, para 450 mil animais, por causa da alta e escassez de insumos para a alimentação do gado.

Produzimos carne bovina, com a missão de fornecer alimento à mesa do brasileiro e do mundo, com sustentabilidade, seguindo protocolos de bem-estar animal, com uma equipe qualificada e constantemente treinada, respeitando o meio ambiente e a comunidade que atuamos.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com