Conheça as melhores picanhas do mundo

Conheça as melhores picanhas do mundo

PARTILHAR
Fonte: Clube da Picanha

Confira uma lista feita por um site especialista em cortes premium, e saiba de que países vem as melhores picanhas do mundo

De acordo com historiadores o termo “picanha”, praticado somente no Brasil, veio de um mau entendido da língua. Segundo informações um playboy que frequentava a churrascaria “Bambu”, em São Paulo, gostou muito do corte que lhe fora servido. Perguntando ao churrasqueiro de que parte do bovino vinha o corte, este respondeu que era da “parte donde se pica la aña”, ou seja, onde o carreteiro pica (fere) o boi com a aña. Aña é uma palavra argentina para a haste de madeira com ponta de ferro usada para atiçar os bois. Daí, de “pica” + “aña (anha)” veio a denominação dessa carne do traseiro dos bovinos.

Um dos cortes mais apreciados pelos brasileiros, a picanha é definitivamente a joia da coroa do churrasco no país. Sabendo disso, o site Clube da Picanha elegeu as melhores picanhas do mundo, não sabemos quais foram os fatores e elementos de julgamento, mas sendo especialistas no assunto não seremos nós que contestaremos. Elas estão listadas por países, segue abaixo:

Fonte: Clube da Picanha

Na lista é possível ver peças dos seguintes países: Brasil, Argentina, Uruguai, Estados Unidos e Austrália. Os preços também não são assustadores, pois é bem provável que você pague esse mesmo preço no corte aí no açougue perto da sua casa. Além disso, listamos abaixo algumas delas para você ficar com água na boca, só siga em frente de estiver realmente preparado.

Picanha Uruguaia Premium / Fonte: Clube da Picanha
Picanha Argentina Premium / Fonte: Clube da Picanha
Picanha Americana Premium / Fonte: Clube da Picanha

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com

PARTILHAR
Portal de conteúdo rural, nosso papel sempre será transmitir informação de credibilidade ao produtor rural.