Frigorífico aposta em nova tecnologia de congelamento

Frigorífico aposta em nova tecnologia de congelamento

PARTILHAR
Foto: Divulgação

Sistema IQF de congelamento é internacionalmente conhecido por aliar praticidade para o consumidor e garantir qualidade e segurança alimentar até a chegada em sua mesa.

“Não estamos vendendo carne, estamos vendendo facilidade, praticidade e experiência atrelada a uma grande novidade”. Foi assim que a equipe comercial do Frigorífico Silva abriu a reunião na última sexta-feira (7) com os cerca de 40 representantes Best Beef espalhados pelo Brasil.

O desejo da equipe era um só: munir de informações seus vendedores, mostrando o pioneirismo da tecnologia e o enorme apelo do produto que acaba de chegar ao mercado nacional. Com este novo produto, a empresa passa a unir aos já reconhecidos diferenciais de qualidade da linha Best Beef, a segurança alimentar do IQF e a praticidade da embalagem abre e fecha, já que o IQF – do inglês Individually Quick Frozen – será o futuro da carne bovina no Brasil.

O sistema traz facilidades para toda a cadeia, do consumidor à indústria. Além de não precisar descongelar (vai direto do freezer à panela), o produto fica soltinho na embalagem, podendo retirar somente o que for utilizar e devolver o restante no freezer. A qualidade nutricional também é mantida intacta, assim como o sabor, suculência, textura e cor. Sem contar a durabilidade do produto, muito maior no ponto de vendas e em casa.

Foto: Divulgação

Boi alimentado por dentro

A linha Best Beef traz onze diferentes cortes com origem nas raças britânicas criadas no Bioma Pampa congelados sem tempero ou temperados apenas com sal: paleta; alcatra; patinho; coxão mole; picanha; contrafilé e coxão duro nas versões bife, cubos ou iscas; além da carne moída.

Foto: Divulgação

É justamente a origem da matéria-prima um dos nossos maiores diferenciais. Provenientes de animais jovens, criados em campo nativo ou pastagens cultivadas do bioma pampa, a qualidade da carne Best Beef é resultado da origem das raças que abate, especialmente exemplares Hereford e Angus, reconhecidos pelo sabor, maciez, marmoreio e suculência da carne, assim como o cuidado diário com o bem-estar animal – do manejo no campo ao cuidado no transporte e tratamento na planta industrial.

Em linhas gerais, o produto produzido no bioma Pampa que hoje abastece grande parte dos supermercados brasileiros tem perfis de gorduras benéficos aos consumidores. Além do importante fornecimento de nutrientes como proteína, ferro, zinco e vitaminas do complexo B, a carne desses animais apresenta maiores teores de ômega 3, se comparada aos criados em confinamento. Isso porque, no Pampa, a alimentação dos animais é composta pela rica variedade dos pastos naturais onde crescem mais de 450 espécies gramíneas e 150 espécies de leguminosas.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com