Conheça os 10 melhores produtores de silagem

PARTILHAR
Torneio avalia qualidade da silagem de milho e incentiva melhorias no sistema de produção - Curitiba, 19/11/2021 - Foto: IDR-PARANÁ

Foram analisadas 167 amostras, de 15 municípios, que passaram por análises para determinar o tamanho das partículas, a composição química e o valor nutricional.

O clima teve uma influência direta sobre a qualidade das silagens de milho produzidas na região de Pato Branco, no Sudoeste do Paraná, neste ano. No entanto, alguns produtores driblaram essas dificuldades e conseguiram obter uma silagem de alta qualidade, reduzindo os custos com a alimentação dos animais.

Essas foram algumas observações dos servidores do IDR-Paraná (Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná) a partir do Terceiro Torneio de Silagem de Chopinzinho, cujo resultado foi divulgado na última semana.

O evento foi realizado presencialmente e transmitido ao vivo pelo canal do IDR-Paraná no YouTube.

A competição selecionou os dez produtores que obtiveram silagem de melhor qualidade na região. Foram analisadas 167 amostras, de 15 municípios, além de alguns materiais de Guarapuava e Pinhão, que não entraram no torneio.

As amostras passaram por análises para determinar o tamanho das partículas, a composição química e o valor nutricional do alimento. Além disso, a densidade e temperatura do silo também foram observadas, já que são fatores que determinam se a silagem pode ser oferecida com segurança aos animais.

Os dez primeiros colocados no torneio foram:

  • Valdecir Melo (Saudade do Iguaçu),
  • Ivanete Machado (Bom Sucesso do Sul),
  • Sidnei Remor (Chopinzinho),
  • Irno Rosaneli (Vitorino),
  • Marizete Rahrs (Bom Sucesso do Sul),
  • João Denardin (Mangueirinha),
  • Sérgio Onesco (Bom Sucesso do Sul),
  • Cesar Santin,
  • Disué Vottri e
  • Douglas Donatti (Vitorino).

Os primeiros cinco colocados ganharam prêmios em dinheiro e a partir do sexto lugar receberam um troféu. De acordo com os servidores, neste ano a estiagem no início do período de crescimento do milho e o excesso de chuva na hora de colher o cereal acabou atrasando o plantio da safrinha de milho.

“Com isso os produtores tiveram que fazer o corte do milho para silagem mais cedo, com o milho mais verde, antes do ponto de maturação. O milho estava mais úmido e resultou numa silagem com pouca concentração de grãos e menor valor energético”, explicou o zootecnista Guilherme Koerick, do IDR-Paraná de Chopinzinho.

O zootecnista ressalta que o tamanho da propriedade não foi um fator preponderante para os bons resultados dos vencedores. Segundo ele, a área das propriedades entre os dez primeiros colocados variou de 1,8 hectare a 32 hectares.

“São produtores que usaram mais adubo, orgânico e químico, que a média da região. Eles também terceirizaram o corte da silagem. Optaram pela profissionalização dessa etapa do trabalho”, disse Koerick. Foi possível verificar que um entre cada três produtores que participaram do torneio não fez a compactação adequada da silagem. “Essa baixa densidade leva a perdas pela presença de muito oxigênio no material”, informou Koerick.

Ele acrescentou que melhorar a compactação do silo pode evitar que a silagem estrague e o produtor tenha perdas. Na região, a média de compactação é de 568 kg/metro cúbico, enquanto entre os dez primeiros colocados do torneio a média ficou em 639 kg/metro cúbico.

Outro ponto importante é que 62% dos produtores fazem um bom processamento dos grãos. Os outros 38% precisam executar alguns ajustes, já que o milho inteiro tem menor aproveitamento pelos animais, segundo os extensionistas.

De acordo com Lucas Fernando Oliveira dos Santos, do IDR-Paraná de Palmas, o torneio tem vários objetivos, mas ele destaca o caráter educativo da competição. 

“Procuramos avaliar a qualidade da silagem, dar um feedback para o produtor em termos nutricionais e orientá-lo para que tenha uma silagem de mais qualidade, diminuindo perdas e tendo um melhor aproveitamento”, afirmou Santos.

O Terceiro Torneio de Silagem de Chopinzinho foi realizado pelo IDR-Paraná em parceria com a Palmas Leite, Sicredi, Cooperativa de Leite da Agricultura Familiar (CLAF), Lallemand, Cresol, Codepar, Silagem Mangueirinha, Panorama Leilões, prefeituras de Saudades do Iguaçu e de Chopinzinho.

Fonte: Agência de Notícias do Paraná / Governo do PR

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com