PARTILHAR

Petrobras fechou fábricas de ureia na Bahia e Sergipe no último ano, agora busca interessados em arrendar empreendimentos.

A Petrobras deu início a um processo em busca de interessados no arrendamento de suas fábricas de fertilizantes, localizadas em Sergipe (Fafen-SE) e na Bahia (Fafen-BA), informou a petroleira em comunicado nesta quinta-feira, ao mesmo tempo em que formalizou a dispensa de diretores.

A companhia explicou que, em relação às Fafens, deu início a um procedimento de pré-qualificação, visando habilitar as empresas que manifestarem interesse em participar de licitações futuras destinadas ao arrendamento das fábricas, incluindo os terminais marítimos de amônia e ureia no Porto de Aratu (BA).

“A transferência da operação depende da existência de interessados habilitados na etapa de pré-qualificação e da realização do processo de licitação, ainda sujeita à aprovação da diretoria Executiva”, disse a Petrobras no comunicado.

Segundo a petroleira, a Fafen-BA é uma unidade de fertilizantes nitrogenados com capacidade de produção total de ureia de 1.300 toneladas ao dia e também comercializa amônia, gás carbônico e agente redutor líquido automotivo (Arla 32).

Já Fafen-SE é uma unidade de fertilizantes nitrogenados com capacidade de produção total de ureia de 1.800 t/dia. Também comercializa amônia, gás carbônico e sulfato de amônio.

Com informações da Reuters

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com

PARTILHAR
Portal de conteúdo rural, nosso papel sempre será transmitir informação de credibilidade ao produtor rural.