Embarques de carne bovina seguem para recorde

Embarques de carne bovina seguem para recorde

PARTILHAR
Foto: Angus Steakhouse

O preço médio da carne bovina brasileira continua a avançar aos poucos, nesta semana, o valor médio ficou em US$ 4,75 mil/t, 0,91% superior a semana retrasada.

Mesmo com o feriado de Tiradentes durante a última semana, os embarques de carne bovina continuaram acelerados. Foram 32,10 mil toneladas de proteína bovina enviadas para fora do país nos últimos quatro dias úteis. Desta forma, a média diária embarcada saiu de 6,77 mil toneladas para 7,11 mil toneladas, aumentando 4,94% e atingindo o maior volume médio diário de 2021.

O preço médio da carne bovina brasileira continua a avançar aos poucos, nesta semana, o valor médio ficou em US$ 4,75 mil/t, 0,91% superior a semana retrasada.

Desta forma, as receitas obtidas com as vendas da proteína bovina brasileira já superaram a barreira dos US$ 500 milhões em abril/21, atingindo a média diário de US$ 33,78 milhões, também a maior média mensal de 2021.

A necessidade do cereal no mercado interno trouxe redução para as exportações de milho brasileira. Na última semana foram embarcadas cerca de 23,78 mil toneladas ao ritmo de 5,94 mil toneladas carregadas diariamente. Com isso, a média diária enviada para fora do país no mês de abril/21 recuou 10,27%, estabelecendo-se em 8,67 mil toneladas/dia.

A receita obtida até o momento com as exportações do cereal até a quarta semana de abril/21 é de US$ 31,28 milhões, com um preço médio de US$ 240,40/t. Cabe a ressalva de que as importações de cereal continuam a acontecer, somente na semana passada foram 16,25 mil toneladas importadas pelo Brasil.

Os embarques de soja para foram do país atingiram 14,62 milhões de toneladas até a 4ª semana de abril/21, com uma alta probabilidade de superar o volume embarcado no mesmo período do ano passado (14,85 milhões de toneladas) e atingir o maior nível de exportação da história para um mês de abril. A média diária de embarque é de 974,65 milhões de toneladas contra 742,75 mil toneladas em abril/20.

Com o dólar e a CBOT acima dos níveis de 2020, o valor da oleaginosa exportada em abril/21 atingiu os US$ 413,20/t contra US$ 338,70/t no mesmo mês período do ano passado. Os fatores têm o mesmo impacto na receita obtida, atualmente em US$ 6,04 bilhões, já superando em 20% toda a receita obtida em abril/20.

Fonte: Agrifatto

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com