Exportadores de carne de frango promovem setor no Catar

PARTILHAR

Maior exportador de carne de frango halal do planeta, o Brasil fornece aproximadamente 70% de toda a carne de frango consumida pelo Catar.

Em meio às festividades da Copa do Mundo, a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (ApexBrasil), iniciaram uma campanha de promoção das exportações da carne de frango nas principais avenidas de Doha, no Catar.

Ao todo, 30 painéis foram espalhados pelas avenidas mais movimentadas da capital do país sede da Copa.

Com a mensagem “Frango Halal do Brasil: trazendo sabor e sustentabilidade para mais de 150 países. Experimente no Catar!” (escritas em árabe e em inglês), os painéis buscam reforçar a presença brasileira como principal fornecedor da proteína avícola, tanto para o mercado catari, como para todo o mercado internacional islâmico.

Maior exportador de carne de frango halal do planeta, o Brasil fornece aproximadamente 70% de toda a carne de frango consumida pelo Catar. Apenas entre janeiro e outubro deste ano, a nação islâmica importou 90,6 mil toneladas do produto avícola brasileiro, o que gerou receita de exportações superiores a US$ 177,9 milhões para a avicultura nacional.

“A Copa é uma oportunidade única de fortalecimento de imagem. Para o nosso setor, é ainda mais especial, diante do nosso vínculo da imagem brasileira com o futebol e o fato de sermos o grande fornecedor de proteína para este mercado. Nesta Copa, o Brasil deve marcar gols muito além dos estádios, reforçando sua posição como parceiro pela segurança alimentar das nações islâmicas”, ressalta o presidente da ABPA, Ricardo Santin.

Fonte: Ascom ABPA

🚀 Quer ficar por dentro do agronegócio brasileiro e receber as principais notícias do setor em primeira mão? ✅ 👉🏽 Para isso é só entrar em nosso grupo do WhatsApp (clique aqui) ou Telegram (clique aqui). 🚜🌱

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com