Fazendeiro mata amigo por suspeita de roubo de gado

Fazendeiro mata amigo por suspeita de roubo de gado

PARTILHAR
Fazendeiro é preso suspeito de matar vizinho de fazenda por suspeita de furto de gado, em Mineiros — Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Crime aconteceu após o produtor rural suspeitar de que o vizinho estava roubando suas cabeças de gado e o matou com quatro tiros. Veja abaixo!

Um fazendeiro de 59 anos foi preso suspeito de matar um vizinho de fazenda por suspeita de furto de gado, em Mineiros, no sudoeste goiano. Clever Franco de Moraes, de 59 anos, foi atingida por quatro disparos no braço, tórax , abdômen e morreu no local.

O delegado Thiago Escandolhero Martinho, responsável pela investigação, disse que o suspeito se apresentou na delegacia, mas se manteve em silêncio durante o interrogatório.

“Ele se entregou e usou do seu direito de permanecer em silêncio. No entanto, a gente apurou que ele achava que a vítima estava furtando gado dele. Inclusive que isso estaria acontecendo já há um bom tempo”, disse o delegado

Como o nome do suspeito não foi divulgado, não conseguimos contato com a defesa dele.

O crime aconteceu na última quarta-feira (9), em uma fazenda a 25 km do centro da cidade. O suspeito, que não teve a identidade revelada, se entregou dois dias depois e foi encaminhado ao presídio da cidade

O delegado disse que o suspeito vai ser indiciado pelo crime de homicídio qualificado, por ter impossibilitado a defesa da vítima. Martinho disse ainda que deve ouvir outras testemunhas e concluir o inquérito nos próximos dias.

Fazendeiro é preso suspeito de matar vizinho de fazenda por suspeita de furto de gado, em Mineiros — Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Fazendeiro descobre furto de 150 cabeças de gado e registra prejuízo de R$ 500 mil em MS

Fazendeiro em Mato Grosso do Sul descobriu o furto de 150 cabeças de gado e procurou a Polícia Civil, na noite desta terça-feira (17). De acordo com ele, é estimado um prejuízo em cerca de R$ 500 mil em sua propriedade em Ribas do Rio Pardo, a 97 quilômetros de Campo Grande.

O proprietário contou que momentos antes de procurar a delegacia, viu pegadas dos seus gados fora de sua propriedade, e ao verificar encontros vários animais soltos fora do cercado de sua fazenda. Então pediu para que funcionários contassem as cabeças, momento em que deu falta de 150.

Ainda, de acordo com o dono do gado, as cercas estão intactas. No entanto, o portão de saída dos animais, a porteira, pode ter sido utilizada pelo autor do furto. Apesar dessa porteira estar com cadeado, ele pode ser desencaixado nas dobradiças.

A última contagem do rebanho aconteceu no dia 13 deste mês. O fazendeiro estima um prejuízo em torno de R$ 500 mil.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com

PARTILHAR
Portal de conteúdo rural, nosso papel sempre será transmitir informação de credibilidade ao produtor rural.