Fazendeiro pede ajuda para achar gado roubado

PARTILHAR
Animais estavam em fazenda em Natalândia — Foto: Polícia Militar / Divulgação

Dono contou à PM que deixou todos os animais no piquete e saiu. Quando retornou, o gado já não estava mais na fazenda. Produtor pede ajuda para achar o gado.

A polícia procura pelos envolvidos no furto de 43 cabeças de gado que estavam em uma fazenda Natalândia (MG).

O dono contou à Polícia Militar que saiu da propriedade na segunda-feira (24). Antes de seguir para Unaí (MG), ele conferiu o rebanho, que foi deixado no piquete. Ao retornar, notou que 42 novilhas e um touro haviam sido levados. Os animais são da raça nelore e têm entre dois e três anos.

Polícia procura por envolvidos no furto de 43 cabeças de gado em Natalândia

O proprietário ainda disse para a PM que o cadeado da porteira estava trancado, mas tinha marcas de arrombamento. Ele ainda notou que haviam marcas de caminhão no chão.

O rebanho tem as letras “J” e “JR”, além do desenho de uma âncora. Quem tiver informações deve entrar em contato com a Polícia Militar.

Fazendeiro denuncia à Polícia Civil furto de 56 cabeças de gado

Fazendeiro de 68 anos procurou a Delegacia de Polícia Civil de Aquidauana nesta terça-feira (25) para denunciar o desaparecimento de 56 cabeças de gado de sua fazenda, que está arrendada.

A propriedade está localizada na estrada do Rio Negro. Conforme apurado, a vítima disse que há três dias embarcou gado remanescente e que na ocasião, desconfiou que alguns animais tinham sumido.

Nesta terça-feira, o capataz confirmou o desaparecimento de 56 animais. O outro responsável pelo arrendamento também havia tirado gado, mas não tinha levado nenhum animal da vítima.

Não há informações sobre como o gado sumiu, mas o caso foi denunciado como abigeato (furto de animais).

Compre Rural com informações do G1 e O Pantaneiro

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com

PARTILHAR
Portal de conteúdo rural, nosso papel sempre será transmitir informação de credibilidade ao produtor rural.