Super 2020! Girolando cresce em registros e associados

PARTILHAR
Girolando cresce em registros e associados em 2020
Foto: Divulgação

Associação de Girolando fecha 2020 com maior número de registros dos últimos cinco anos; a entidade também teve aumento no número de associados

O ano de 2020 está encerrando com números positivos para a cadeia produtiva do leite. Com o produtor mais capitalizado este ano, os investimentos para formação de um rebanho de genética superior cresceram. De acordo com o balanço da Associação Brasileira dos Criadores de Girolando, o total de Registros Genealógicos da raça computados até o início da manhã desta quarta-feira, 23 de dezembro, chegou a 90.135, ficando 10,7% acima do total de 2019. Como ainda serão contabilizados os registros previstos para ocorrerem até 31 de dezembro, o número geral de 2020 ficará ainda mais acima do computado ano passado.

Esse desempenho é o melhor dos últimos cinco anos da entidade, que é delegada do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento para a execução dos serviços de Registro Genealógico da raça. “Em situações de crise aprimoramos nossa criatividade e capacidade de trabalhar com situações adversas. Este 2020 foi um exemplo disso. Enfrentamos a crise e estamos fechando o ano com números acima do planejado, batendo não só o recorde de registros como também contabilizando uma grande quantidade de novos associados”, destaca o presidente da Girolando Odilon de Rezende Barbosa Filho.

Em 2020, a associação teve a entrada de 366 novos associados, chegando a quase 4 mil no total. Com atuação em todo o país, a Associação Brasileira dos Criadores de Girolando completou no dia 20 de dezembro 42 anos de existência. De 1989 até 2020, o banco de dados da entidade conta com mais de 1,8 milhão registros genealógicos.

Caso em 2021 se concretize a expectativa de recuperação do cenário macroeconômico, o presidente acredita que a pecuária leiteira terá novamente um ano de bom desempenho. “O criador brasileiro já entendeu que só investindo em tecnologia e em animais geneticamente superiores terá uma rentabilidade maior de seu negócio. Prova disso é que, em 2020, as vendas de animais em leilões e nas fazendas e de material genético mantiveram-se bastante aquecidas”, destaca o presidente da Girolando.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com

PARTILHAR
Portal de conteúdo rural, nosso papel sempre será transmitir informação de credibilidade ao produtor rural.