Javali: Pai mata filho com tiro acidental durante caça

Javali: Pai mata filho com tiro acidental durante caça

PARTILHAR

Garoto teria sido atingido no rosto por disparo acidental vindo da arma do pai, uma carabina 454. Fatalidade ocorreu durante uma caça de Javali!

Um adolescente de 17 anos morreu enquanto caçava na zona rural de Olímpia. A suspeita de que Breno Henrique Miranda da Rocha tenha sido vítima de um disparo acidental feito pelo próprio pai, Dorcilio Miranda da Rocha. O jovem foi atingido no rosto.

Era hábito deles caçarem quase que todas as semanas, inclusive eles já teriam se envolvido em um outro caso, também de caçada, ocorrido na região de Guaraci, em que um dos caçadores, Edson Silva de Lima Filho, 37 anos, morador de Guaraci, acabou morrendo também vítima de um disparo acidental de arma de fogo durante o evento.

As cidades de Olímpia e distrito de Ribeiro dos Santos, acordam neste sábado, 11, abaladas com a triste notícia da morte de mais um jovem olimpiense e de forma muito trágica.

O caso ocorreu na madrugada deste sábado, 11, por volta das 2h, em uma mata próxima ao Recanto do Bambi. De acordo com a Polícia Militar, pai e filho, e outros colegas, estavam caçando javali sentados na carroceria de um carro Pampa. Quando um animal é liberado, o motorista libera rapidamente o veículo e o adolescente cai no colo do pai, quando ocorre o disparo acidental. No momento, uma lanterna que iluminou o grupo também caiu no chão e pode ter influência no acidente.

Outra informação dá conta de que o jovem foi abaixar para pegar uma lanterna quando a arma disparou lhe atingindo o queixo de baixo para cima.

A vítima foi levada pelo pai até uma Unidade de Atendimento Pronto (UPA), em Olímpia, mas não resistiu ao ferimento. O caso foi registrado como homicídio culposo (quando não há intenção de matar). O delegado de plantão fixou uma fiança de R $ 1,1 milhão, que foi paga, e o pai irá responder pelo crime em liberdade.

Segundo a Polícia Militar, uma arma (uma carabina 454), que tem registro, foi apreendida com 15 munições, sendo que 14 estavam intactas. O pai teve autorização para praticar a caça e ficou em estado de choque. O carro também foi apreendido.

fotos Julião Pitbull
fotos Julião Pitbull
Breno Henrique Miranda da Rocha tinha 17 anos – Reprodução Facebook

O corpo do adolescente está sendo velado neste sábado, 11, no Velório Jardim das Primaveras. O enterro está marcado para as 16h, no cemitério de Olímpia. Nas redes sociais, vários amigos de Breno prestaram várias homenagens ao jovem que gosta de cantar música sertaneja.

Nota de pesar do Compre Rural

Nós da redação do Compre Rural lamentamos muito o ocorrido com o jovem Breno, neto de uma prima de nossa diretora comercial Eunice Batista de Carvalho. Que Deus em Sua infinita bondade possa dar forças e conforto para que todos os familiares, especialmente os pais, avós,superem tamanha dor.

No ano passado

O pai de Breno, Dorcílio, participava de uma caçada ao javali no dia 11 de outubro do ano passado quando, também acidentalmente, segundo as versões dos envolvidos, Edson Silva de Lima Filho, de 37, levou um tiro e morreu. Com 16 anos, Breno e seu pai Dorcílio também participavam da caçada fatal.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com