JBS compra R$ 64 milhões em gado da JBJ Agropecuária

JBS compra R$ 64 milhões em gado da JBJ Agropecuária

PARTILHAR
JBJ agropecuária

JBS, uma das gigantes da cadeia produtiva da carne bovina, informou a mega operação de compra de gado da JBJ Agropecuária por R$ 64 milhões.

JBS (JBSS3) comunicou nesta quarta-feira (28) que comprou R$ 64 milhões em gado para abate da JBJ Agropecuária. A õperação, segundo a JBS, foi realizada entre 22 de setembro e 26 de outubro.

“A JBJ é controlada por integrante da família dos maiores acionistas indiretos da Companhia, porém sem qualquer participação acionária na J&F Investimentos S.A., controladora da JBS”, informou o frigorífico.

Segundo as informações que constam no documento divulgado pela JBS, as operações entre JBJ e o frigorífico são recorrentes e efetuadas no curso normal dos negócios da JBS, de acordo com as necessidades da companhia e a capacidade de entrega de animais pela JBJ.

A JBS também informou que o preço de venda dos animais está em linha com o custo incorrido pela JBJ com a “aquisição de garrotes, novilhas ou gado jovem e sua engorda até o momento do abate, acrescido de atualização pela variação do CDI no período”. De acordo com o frigorífico, a compra de gado da JBJ está fortemente alinhada à sua estratégia comercial.

Estratégias da JBS com a aquisição

“O gado adquirido da JBJ supre parte da demanda da JBS por animais de altíssima qualidade (acabamento, precocidade, raça etc.) e sua carne é direcionada às marcas premium da companhia, com maior valor agregado, como Swift Black e 1953. Essas marcas fortalecem a imagem da JBS perante o consumidor e valorizam todo o portfólio da companhia”, afirmou a empresa em comunicado.

Segundo a JBS, a aquisição de gado da JBJ também é estratégica para suprir a demanda de abate de determinadas plantas da companhia, permitindo que essas unidades operem com mais estabilidade e segurança de abastecimento.

“As transações com a JBJ observam condições compatíveis com as praticadas pela JBS com fornecedores de gado estratégicos em mercados internacionais”, concluiu o frigorífico.

Investimento na linha pecuária

A JBS esclareceu que a capacidade anual do confinamento a ser inaugurado em Confresa (MT) é de 30 mil cabeças e que a capacidade estática da instalação é de 12 mil cabeças. A Friboi, braço de pecuária bovina de corte da JBS, anunciou que vai inaugurar a unidade ainda este mês.

Além disso, este ano foram iniciadas operações em Rio Brilhante (MS) e Campo Florido (MG), ambas com capacidade estática para 10 mil animais.

Ao todo, a companhia tem oito unidades de confinamento com capacidade estática para engorda de mais de 116 mil cabeças. Por ano, são cerca de 300 mil animais.

Com informações da SUNO, escrito pelo jornalista Juliano Passaro.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com