PARTILHAR

Vaca CABR Riva 2731 consagra-se Campeã Mundial Fêmea da Raça Brahman em 2020; É a segunda vez que a Casa Branca leva campeonato.

Mais uma conquista histórica para a genética Brahman Casa Branca. Aos 32 meses de idade, CABR Riva 2731 torna-se a Campeã Mundial Fêmea da Raça Brahman (Brahman – Miss World).

“A satisfação é muito grande. Em 2017, CABR Mussambé 2264 assombrou o mundo tornando-se Campeão Mundial Touro Brahman. Agora, em 2020, CABR Riba 2731 conquista o título de Melhor Fêmea Brahman. Esses dois animais fantásticos são produtos da seleção Casa Branca. Muito orgulho em produzir, aqui no Brasil, a melhor genética Brahman do mundo”, afirma o criador Paulo de Castro Marques.

Com a escolha de CABR Riva 2731 como a Melhor Fêmea Brahman do mundo, a Casa Branca Agropastoril torna-se a primeira fazenda a ter dois animais escolhidos como os Melhores Brahman do Mundo. Pois é, a fruta não caí longe do pé, há dois anos atrás o touro CABR Mussambé 2264 era escolhido como Campeão Mundial da raça nos machos.

CABR Riva 2731 venceu uma fêmea da Costa Rica e outra da Austrália na final do Brahman – Miss World. A avaliação foi feita por especialistas em Brahman do Brasil, Namíbia, África do Sul e México. A escolha dos jurados foi unânime.

Filha de CABR Máxima Dhifalla 2303 (irmã própria de CABR Mussambé 2264), CABR Riva 2731 é bisneta da super matriz Glória. Em 2019, ela foi Grande Campeã da ExpoBrahman. Em 2020, também venceu a ExpoPortobello.

Sobre a Casa Branca

A Casa Branca Agropastoril investe para selecionar animais das raças Angus, Brahman e Simental que produzam mais e melhor, cresçam rápido e cheguem à idade de abate mais cedo.

Dessa forma, a propriedade cumpre sua missão de proporcionar aos pecuaristas de todo o Brasil uma confiável opção para aquisição de touros avaliados para trabalho a campo e fêmeas férteis e produtivas.

O resultado é a contribuição efetiva da Casa Branca ao contínuo melhoramento dos indicadores de produção e reprodução da pecuária brasileira, seja de fertilidade sexual, velocidade de acabamento, qualidade de carne e, o mais importante, a funcionalidade – entendida como a característica que explica a boa adaptação dos animais da Casa Branca às diversas condições do Brasil.

Com animais rigidamente selecionados para gerar bezerros mais pesados e de rápido ganho de peso, a Casa Branca está posicionada entre os mais importantes projetos pecuários das raças Angus, Brahman e Simental.

Estas três raças agregam mais produtividade à pecuária, na medida em que desempenham papéis complementares indispensáveis na cadeia da produção de carne.

Elas foram escolhidas com muito cuidado pela Casa Branca para oferecer a melhor solução em melhoramento genético direcionado ao aumento da produtividade, gerando resultados econômicos superiores para os pecuaristas e contribuindo para o aumento da oferta de carne de qualidade para atender à crescente demanda interna e internacional.

Nesse sentido, aliás, a FAO – órgão das Organizações das Nações Unidas ligado à alimentação, divulgou que até 2050 o mundo tem de dobrar a oferta de carnes para atender às necessidades de consumo da crescente população.

A Casa Branca faz a sua parte, colocando no mercado animais avaliados para multiplicar a oferta de bezerros de qualidade e, assim, contribuir para o contínuo fortalecimento da pecuária brasileira.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com