PARTILHAR

Fundador da Prata Agropecuária, pecuarista atua há 76 anos na pecuária de corte, investindo sempre nas novas tecnologias para produção de genética bovina de ponta.

A expectativa de vida do brasileiro vem aumentando nos últimos anos e é cada vez mais comum a presença de pessoas com 60 anos ou mais ainda atuando no mercado de trabalho. Na pecuária de corte, encontramos exemplos de pecuaristas que não querem saber de aposentadoria e não abrem mão de dedicar seus dias à lida do campo. O pecuarista Antônio Renato Prata, o Pratinha, completou, em 2019, 90 anos de idade em plena atividade. Junto com a família, ele comanda a Prata Agropecuária, com atuação na pecuária de corte comercial e na seleção de raças puras.

No final de agosto, quando completou sua nona década de vida, recebeu criadores de todo o País em sua propriedade, em Tarabai/SP, para a 22ª edição de seu tradicional Leilão Fazenda Dois Irmãos. “No universo dos leilões, não é fácil manter um evento tão prestigiado por várias décadas, como acontece com este leilão. O Pratinha chega aos 90 anos mostrando que é possível continuar evoluindo”, fala Cristiano Prata, proprietário da Leilopec.

Foto: Prata Agropecuária

O presidente da Associação Brasileira dos Criadores de Zebu (ABCZ), Arnaldo Manuel de Souza Machado Borges, destaca que Antônio Prata é um dos grandes criadores do País e um exemplo para as novas gerações. “Ele é um dos pioneiros do Brahman e do Nelore Mocho e continua selecionando com afinco essas duas raças até hoje”, diz. Já o vice-presidente da ABCZ, Cláudio Sabino Carvalho Filho, ressalta que, além da contribuição para o avanço genético dessas raças, Pratinha sempre atuou em entidades do setor, acumulando grandes feitos. “Além de ser fundador do Clube Os Independentes, que promove a conhecida Festa de Barretos, ele teve atuação na expansão da pecuária no Oeste paulista”, conta Cláudio Sabino Carvalho Filho.

Para o empresário Jorge Matsuda, Pratinha é um exemplo de empreendedorismo para as futuras gerações da família Prata. Hoje, três gerações atuam nos negócios da família. “Trabalhar com meu avô é motivo de inspiração”, destaca Isabela Prata. O neto, Theo Prata, também reforça o espírito inovador do avô. “São 76 anos de atuação na pecuária. Ele está sempre buscando selecionar os melhores animais para oferecer ao mercado touros capazes de garantir o desenvolvimento da pecuária de ciclo curto”, diz Theo.

A Prata Agropecuária é um dos poucos criatórios de Brahman do Brasil que seleciona a linhagem vermelha. Com propriedades em São Paulo, Paraná e Mato Grosso do Sul, atua na seleção de raças puras Brahman, Braford, Brangus e Nelore Mocho, e na pecuária comercial (cria, recria e engorda). O criatório tem, ainda, cavalos Quarto de Milha, cuja seleção é direcionada para animais de linhagem de trabalho – apartação.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com

PARTILHAR
Portal de conteúdo rural, nosso papel sempre será transmitir informação de credibilidade ao produtor rural.